St. Preux comemora chance de enfrentar a ‘lenda’ Shogun: ‘É uma bênção’

Norte-americano vê combate em Uberlândia como uma boa oportunidade e diz ter aprendido com derrota contra Bader

Tanto Shogun (esq.) quanto St. Preux (dir.) vêm de derrota no UFC. Foto: Produção SUPER LUTAS (Josh Hedges/UFC)

Tanto Shogun (esq.) quanto St. Preux (dir.) vêm de derrota no UFC. Foto: Produção SUPER LUTAS (Josh Hedges/UFC)

Ovince St. Preux viveu uma experiência interessante nesta semana ao descobrir que enfrentaria o ex-campeão dos meio-pesados Maurício Shogun em um espaço de pouco mais de uma semana. No entanto, engana-se quem pensa que o norte-americano ficou assustado com a notícia – na verdade, ele vê a chance como uma grande oportunidade de se destacar dentro do UFC.

St. Preux, que já se preparava para enfrentar Francimar Bodão na luta co-principal do UFC Uberlândia, foi convocado de última hora para substituir Jimi Manuwa, adversário original de Shogun, que sofreu uma fratura no pé e foi obrigado a deixar o combate.

“A oportunidade em si de poder enfrentá-lo é uma bênção. Ao enfrentar uma lenda e vencer uma lenda, você pode acabar se tornando uma. Shogun está no esporte desde antes de eu sequer pensar em começar a lutar. Foi inesperado, mas é uma boa notícia”, comemorou St. Preux, em entrevista ao site da emissora norte-americana “FOX Sports”.

St. Preux tenta se recuperar de uma derrota sofrida para Ryan Bader em agosto, quando teve uma apresentação considerada apática por muitos. Contudo, “OSP” disse ter extraído aprendizado com o revés. “Eu digo às pessoas que, se você está em uma boa sequência de vitórias, você começa a ficar relaxado. Se você deveria trabalhar para evoluir dez coisas, você acaba focando em apenas duas ou três. Isso aconteceu comigo”, relata.

O combate entre Maurício Shogun e Ovince St. Preux será a atração principal do UFC Fight Night Uberlândia, no dia 8 de novembro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments