Em tom de provocação, Kennedy aconselha Shogun: ‘Péssima ideia descer para os médios’

Norte-americano disse que tubarões da divisão até 84 kg vão comer o curitibano vivo caso ele opte pela mudança

T. Kennedy (foto), como sempre, foi irônico e alfinetou seus rivais. Foto: Josh Hedges/UFC

T. Kennedy (foto), como sempre, foi irônico e alfinetou seus rivais. Foto: Josh Hedges/UFC

Após sofrer sua segunda derrota consecutiva e a quarta em cinco lutas no último sábado (08), quando foi nocauteado por Ovince St. Preux no UFC Uberlândia, o brasileiro Maurício Shogun foi às redes sociais em desabafo e revelou que cogita mudar de categoria. A manifestação do brasileiro, no entanto, motivou uma reação curiosa no peso médio Tim Kennedy. Por meio de seu perfil no Twitter, Kennedy, em tom de provocação, aconselhou Shogun a não descer para a divisão até 84 kg.

“Alguém diz ao Shogun que é uma PÉSSIMA ideia descer para os pesos médios. É um completo tanque de tubarões por aqui e nós vamos comê-lo vivo”, disparou o ex-militar na rede de microblogs. O comentário de Kennedy, ácido como de costume, provocou reações diversas nos fãs. Enquanto alguns se divertiram com a brincadeira, outros partiram em defesa de Shogun e até usaram a recente derrota do norte-americano para Yoel Romero para dar o troco.

Aos 35 anos, Tim Kennedy tem um cartel profissional de 18 vitórias e cinco derrotas. Ex-desafiante ao cinturão do extinto Strikeforce, Kennedy ocupa atualmente a sétima posição no ranking oficial de pesos médios do UFC. Já Maurício Shogun, de 32 anos, possui um retrospecto de 22 vitórias e dez derrotas. Em suas últimas cinco lutas, o ex-campeão dos meio-pesados do Ultimate e do GP dos médios do PRIDE só venceu o neozelandês James Te Huna, em dezembro do ano passado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments