Demitido de TV parceira do UFC, Chael Sonnen assina com canal rival nos EUA

Falastrão acertou contrato com a ESPN e já estreia analisando o card do UFC 180

C. Sonnen (foto) já tem uma trajetória como analista na TV. Foto: FUEL TV/Reprodução

C. Sonnen (foto) já tem uma trajetória como analista na TV. Foto: FUEL TV/Reprodução

Chael Sonnen está de volta a TV. Demitido do canal FOX Sports, parceiro do UFC nos Estados Unidos, após ser flagrado por duas vezes em exames antidoping surpresa no primeiro semestre deste ano, o falastrão foi anunciado na noite desta terça-feira (11) como novo contratado da ESPN para a função de comentarista de MMA.

A estreia de Sonnen na nova casa já acontece nesta semana, com a análise do card do UFC 180, que acontece no próximo sábado (15) no México e tem a disputa do cinturão interino dos pesos pesados entre Fabrício Werdum e Mark Hunt como luta principal. “Eu adoro analisar lutas. Eu adoro assisti-las. O fato da ESPN me permitir fazer isso no ar usando um terno luxuoso e chamar de trabalho, seria o que eu estaria fazendo em casa de qualquer forma”, disse o norte-americano à agência AP.

Aos 37 anos, Chael Sonnen encerrou sua carreira profissional no MMA com um cartel de 28 vitórias, 14 derrotas e um empate. Após treinar o The Ultimate Fighter Brasil 3 ao lado de Wanderlei Silva, o norte-americano enfrentaria o brasileiro no UFC 175, mas ambos acabaram retirados do combate após problemas com exames antidoping surpresa. Após a aposentadoria, Sonnen atuou pelo evento de submission Metamoris e acabou derrotado pelo brasileiro André Galvão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments