Anderson Silva relembra susto por dores nas costas: ‘Achei que ficaria paralítico’

Ex-campeão admite sentir incômodo na perna fraturada e reconhece que luta contra Diaz será ‘teste de fogo’

A. Silva (foto) volta ao UFC em janeiro. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

A. Silva (foto) volta ao UFC em janeiro. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

O tão aguardado retorno de Anderson Silva ao UFC sofreu um susto no início do mês, quando o ex-campeão dos médios precisou ser internado no hospital após sentir fortes dores nas costas durante um treino, no Rio de Janeiro (RJ). Agora, já recuperado, lutador admitiu que chegou a temer por sua saúde, já que o episódio representou algo pelo qual ele nunca tinha passado anteriormente.

“Não conseguia me mexer nem sentir as pernas e os pés. Fiquei apavorado, nunca havia passado por nada parecido. Não acreditei quando tive essa dor nas costas. Achei que fosse ficar paralítico”, disse Anderson, em entrevista ao site “Veja Rio”.

O susto não afetou os planos da luta que fará contra Nick Diaz no dia 31 de janeiro, em Las Vegas (EUA). O brasileiro, inclusive, garantiu que nem a lesão nas costas, nem a grave fratura na perna que sofreu em dezembro do ano passado irá atrapalhar seu rendimento no combate. “Ainda sinto dores na perna, mas vou chutar com tudo. Esse é meu teste de fogo”, garantiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments