UFC FN 57: No Texas, Edgar e Swanson miram Aldo e Barboza busca regularidade

Norte-americanos duela por chance pelo cinturão peso pena e brasileiro tenta se vê de novo diante de um grande desafio; confira o card completo

F. Edgar (esq.) e C. Swanson (dir.) em encarada após a pesagem. Foto: Josh Hedges/UFC

F. Edgar (esq.) e C. Swanson (dir.) em encarada após a pesagem. Foto: Josh Hedges/UFC

Houve algumas informações desencontradas nos últimos meses. Mesmo antes da vitória de José Aldo sobre Chad Mendes já se falava que o próximo desafiante do brasileiro poderia sair do duelo entre Cub Swanson e Frankie Edgar ou ser o irlandês Conor McGregor. Ainda não há confirmação sobre qual versão realmente se concretizará, no entanto, por via das dúvidas, Swanson e Edgar se encaram de olho no cinturão dos penas neste sábado (22), na luta principal do UFC Fight Night 57, em Austin, no estado do Texas (EUA).

Para Swanson, a receita parece mais simples. Vindo de uma série invicta de seis lutas, o atleta da Jackson’s MMA já disse mais de uma vez que recebeu garantias do presidente Dana White de que será o próximo na linha pelo título em caso de novo triunfo – mesmo diante da ascensão do polêmico McGregor. Já para Edgar, talvez somente uma vitória neste sábado não seja suficiente para garantir uma revanche contra Aldo, por quem foi derrotado há menos de dois anos, mas certamente o deixa muito próximo de uma nova disputa de cinturão.

Por falar em José Aldo, Frankie Edgar e Cub Swanson têm em comum uma derrota em seus cartéis para o brasileiro, em combates válidos pelo cinturão. Ex-campeão dos leves do UFC, Edgar desceu de categoria e desafiou o manauara, mas acabou superado por decisão unânime dos juízes após cinco rounds. Já Swanson teve sua chance contra Aldo há mais tempo, em 2009, quando o peso pena da Nova União ainda campeão do extinto evento WEC. A experiência do californiano contra o brasileiro certamente foi a mais traumática de sua carreira e ele acabou nocauteado em apenas sete segundos, após uma joelhada voadora que até hoje é reprisada à exaustão.

Conhecido por seu ritmo frenético no octógono e reserva energética quase infindável, Frankie Edgar deve apostar em sua postura dinâmica e também no seu jogo de quedas, talhado nos anos de experiência no wrestling universitário norte-americano. Já Swanson, apesar de ser faixa preta de jiu-jitsu, não finaliza um adversário há muito tempo, mas pode usar a arte suave como recurso para surpreender o rival. As principais armas do atual número dois do ranking oficial devem ser seu incrível poder de fogo, que já lhe renderem oito vitórias por nocaute, e sua vantagem de alcance.

Barboza busca regularidade e manter sequência invicta

Green (esq.) e Barboza (dir.) fazem a luta co-principal da noite. Foto: Josh  Hedges/UFC

Green (esq.) e Barboza (dir.) fazem a luta co-principal da noite. Foto: Josh Hedges/UFC

Mesmo estando em uma das divisões mais concorridas do Ultimate, a de pesos leves, o brasileiro Edson Barboza costuma aparecer na maioria das listas dos prospectos mais empolgantes da organização – muito disso por conta de seus nocautes impressionantes, entre eles o que despachou Terry Etim no UFC Rio 2 e foi premiado como o melhor do ano de 2012. Porém, apesar da expectativa, Edson tem encontrado dificuldades para vencer lutas-chave, contra adversários mais bem ranqueados e que poderiam representar um salto em sua carreira.

Foi assim contra Jamie Varner, exatamente uma luta após o espetacular chute rodado no Rio, e também Donald Cerrone, em abril deste ano. Porém, neste sábado, Barboza tem uma nova chance de superar um rival bom colocado na categoria e vindo de uma boa série invicta. Na luta co-principal do evento em Austin, o friburguense terá pela frente o norte-americano Bobby Green, atual sétimo colocado no ranking oficial e que tem oito vitórias consecutivas.

Apesar de uma carreira com relativo sucesso no wrestling amador, Bobby Green tem se interessado cada vez mais pela luta em pé e vencido suas últimas lutas com um jogo baseado em muita pressão. E é também a trocação o ponto forte de Edson Barboza, especialista em taekwondo e muay thai. Portanto, é de se esperar um combate bem aberto e forte candidato ao prêmio de “Luta da Noite”.

Confira abaixo o card completo do UFC FN 57:

CARD PRINCIPAL

Peso pena (até 66 kg): Frankie Edgar x Cub Swanson;

Peso leve (até 70,3 kg): Edson Barboza x Bobby Green;

Peso mosca (até 57 kg): Chico Camus x Brad Pickett;

Peso pesado (até 120 kg): Oleksiy Oliynyk x Jared Rosholt;

Peso mosca (até 57 kg): Joseph Benavidez x Dustin Ortiz;

Peso leve (até 70,3 kg): Isaac Vallie-Flagg x Matt Wiman.

CARD PRELIMINAR

Peso pesado (até 120 kg): Josh Copeland x Ruslan Magomedov;

Peso médio (até 84 kg): Luke Barnatt x Roger Narvaez;

Peso leve (até 70,3 kg): Nick Hein x James Vick;

Peso leve (até 70,3 kg): Arreola Akbahr x Yves Edwards;

Peso palha (até 52 kg): Kailin Curran x Paige VanZant;

Peso pena (até 66 kg): Dooho Choi x Juan Puig.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments