Barboza brinca com provocações de Green: ‘Ele falou muito a luta toda. Eu só falei no fim’

Brasileiro minimiza provocações de rival e diz que seus golpes afetaram Green

E. Barboza (dir.) devolve provocação de B.Green no final da luta. Foto: Josh Hedges

E. Barboza (dir.) devolve provocação de B.Green no final da luta. Foto: Josh Hedges

Edson Barboza sofreu durante toda a luta com as provocações de Bobby Green. O norte-americano abriu os braços, sinalizou e riu das investidas do brasileiro. Mas faltando 10 segundos para o fim da disputa, com a certeza da vitória, foi o atleta de Nova Friburgo  que riu por último e teve o prazer de devolver as provocações.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Bobby falou por 14m50s da luta. Faltando dez segundos para acabar, foi a minha vez de falar. Ele falou muito a luta toda. Eu só falei no fim (risos)”, disse Barboza na entrevista coletiva após a luta, na madrugada deste domingo.

Edson ainda revelou que a tática de Green em apenas provocar não o  foi o suficente, pois tinha a certeza que os ataques eram conectados.

PUBLICIDADE:

“Foi engraçado porque todas as vezes que ele balançou a cabeça eu o acertei com um belo golpe. Sei que ele sentiu todos os meus golpes. Todos eles o machucaram. Ele disse que não para tentar me desestabilizar. A maioria dos boxeadores faz isso, é normal.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?

Comentários

Deixe um comentário