Barboza brinca com provocações de Green: ‘Ele falou muito a luta toda. Eu só falei no fim’

Brasileiro minimiza provocações de rival e diz que seus golpes afetaram Green

E. Barboza (dir.) devolve provocação de B.Green no final da luta. Foto: Josh Hedges

E. Barboza (dir.) devolve provocação de B.Green no final da luta. Foto: Josh Hedges

Edson Barboza sofreu durante toda a luta com as provocações de Bobby Green. O norte-americano abriu os braços, sinalizou e riu das investidas do brasileiro. Mas faltando 10 segundos para o fim da disputa, com a certeza da vitória, foi o atleta de Nova Friburgo  que riu por último e teve o prazer de devolver as provocações.

Saiba mais

Edson Barboza supera provocação e vence americano no UFC Fight Night 57
Assista aos melhores momentos da luta de Edson Barboza no UFC Fight Night 57
Edson Barboza pula para sexto entre os leves após vitória sobre Bobby Green

“Bobby falou por 14m50s da luta. Faltando dez segundos para acabar, foi a minha vez de falar. Ele falou muito a luta toda. Eu só falei no fim (risos)”, disse Barboza na entrevista coletiva após a luta, na madrugada deste domingo.

Edson ainda revelou que a tática de Green em apenas provocar não o  foi o suficente, pois tinha a certeza que os ataques eram conectados.

“Foi engraçado porque todas as vezes que ele balançou a cabeça eu o acertei com um belo golpe. Sei que ele sentiu todos os meus golpes. Todos eles o machucaram. Ele disse que não para tentar me desestabilizar. A maioria dos boxeadores faz isso, é normal.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário