Pettis aposta em vitória rápida sobre Melendez: ‘Não vejo passando do primeiro round’

Campeão dos leves considera que desafiante tem jogo básico em pé e promete mostrar todo seu potencial no UFC 181

Pettis (foto) espera derrotar Melendez logo no primeiro round. Foto:  Josh Hedges/Zuffa LLC

Pettis (foto) espera derrotar Melendez logo no primeiro round. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

O longo tempo parado não abalou a confiança de Anthony Pettis. O campeão dos leves do UFC, que fará sua primeira defesa no UFC 181, no dia 6 de dezembro, acredita que tem totais condições de obter uma vitória rápida contra Gilbert Melendez.

PUBLICIDADE:

“Showtime”, como é conhecido, considera que o estilo de Melendez é o ideal para que suas qualidade sejam exibidas no octógono. “Acho que ele é muito básico na trocação. Ele tem um boxe decente e é durão, mas, infelizmente para ele, essa é a minha área. Se ele quiser trocar, ele não vai me ver lutando como Diego Sanchez. Eu acho que eu o superaria como se ele fosse um iniciante. Ele ainda é novato na trocação. Seu wrestling não é forte o suficiente par me segurar no chão. Uma vez que a luta fique em pé, será uma longa noite para ele. Ou talvez seja uma noite curta”, disse, em entrevista ao site da emissora norte-americana “FOX Sports”. “É MMA, então tudo é possível. Tendo dito isso, eu não vejo a luta passando do primeiro round.”

Veja Também

Pettis, cujas últimas três lutas acabaram logo no primeiro round, afirmou que o público ainda não teve tempo de ver todas as suas habilidades. “Veja Donald Cerrone – ele é, supostamente, um dos melhores kickboxers da categoria e eu acabei com a luta em três minutos. Alguns chutes no corpo e acabou. Eu estava só me aquecendo. Se você pega um cara como Melendez, que seja duro o suficiente para sobreviver aos primeiros minutos, acho que vocês verão o melhor Anthony Pettis. Se isso acontecer, vocês verão o quão bom eu sou”, prometeu.

PUBLICIDADE:

Pettis, que não luta desde agosto de 2013, defenderá o cinturão dos leves na luta co-principal do UFC 181, em Las Vegas (EUA). Na maior atração da noite, outra luta com título em jogo: Johny Hendricks enfrentará Robbie Lawler em revanche pelo cinturão dos meio-médios.

[vox id=”26649″]

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?

Comentários

Deixe um comentário