Roger Gracie vence primeira por nocaute contra ex-UFC em estreia no ONE

Bibiano Fernandes finalizou e manteve cinturão, enquanto que irmão mais novo de Gilbert Durinho manteve invencibilidade

R. Gracie (foto). Foto: Josh Hedges/UFC

R. Gracie (foto) estreou com vitória no ONE FC. Foto: Josh Hedges/UFC

O ONE FC 24, realizado nesta sexta-feira (5) em Manila, capital das Filipinas, foi só alegria para os lutadores brasileiros. Bibiano Fernandes, Roger Gracie e Herbert Burns levaram a melhor sobre seus adversários sem nem mesmo precisarem da decisão dos juízes.

Veja Também

Assista à pesagem do UFC 181, que contará com duas disputas de cinturão
Browne se diz grato por derrota para Werdum: ‘Mostrou buracos em meu jogo’
Chael Sonnen critica postura de Tim Kennedy, que rebate: ‘Criminoso anabolizado’

Fazendo sua estreia na organização asiática, Roger venceu outro atleta com passagem pelo UFC, James McSweeney. O brasileiro, especialista no jogo de solo e que havia vencido cinco de suas então seis vitórias por finalização, mostrou evolução e surpreendeu ao nocautear o striker inglês no terceiro round, conectando um forte chute na linha de cintura e completando com golpes no chão. Em sua primeira luta desde que deixou o Ultimate, foi a primeira vitória de Gracie por nocaute ou nocaute técnico.

Na quinta luta da noite, Herbert Burns manteve seu cartel invicto no MMA ao finalizar o atleta local Honorio Banario. Burns, irmão mais novo de Gilbert Durinho, lutador do UFC, precisou de menos de quatro minutos para finalizar o rival com um mata-leão.

Na atração principal do evento, Bibiano Fernandes fez sua segunda defesa do cinturão dos galos contra o filipino Dae Hwan Kim. No segundo round, o brasileiro rapidamente pegou as costas do rival e aplicou um mata-leão, obrigando Kim a bater. Fernandes, de 34 anos, conquistou o cinturão em outubro do ano passado após unificar os títulos linear e interino.

O ONE FC 23 também teve a participação do ex-atleta do UFC Brandon Vera. Fazendo sua primeira luta fora do Ultimate desde 2005, Vera nocauteou o polonês Igor Subora com um cruzado seguido de tiros de meta, permitidos pelas regras do evento asiático.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments