Dana White aponta Rafael dos Anjos como próximo desafiante ao cinturão dos leves

Dirigente, no entanto, condicionou chance ao brasileiro à ausência de Khabib Nurmagomedov, atual número um da divisão dos leves

R. dos Anjos (foto) conquistou sua terceira vitória seguida. Foto: Reprodução

R. dos Anjos (foto) conquistou sua terceira vitória seguida. Foto: Reprodução

Após atropelar o norte-americano Nate Diaz neste sábado (13), na luta co-principal do UFC on FOX 13, Rafael dos Anjos voltou a cobrar uma chance pelo cinturão dos pesos leves contra Anthony Pettis. Na entrevista coletiva pós-evento, o brasileiro recebeu uma boa notícia do presidente Dana White: seu sonho pode estar perto de se realizar. Para isso, no entanto, Rafael precisará contar com a ausência do primeiro colocado na fila, o russo Khabib Nurmagomedov, que se recupera de lesão desde abril deste ano.

Veja Também

UFC on FOX 13: Em batalha épica, Cigano vence Miocic em sua volta ao octógono
UFC on FOX 13: Rafael dos Anjos brilha, massacra Nate Diaz e pede luta pelo título
UFC on FOX 13: Claudinha Gadelha perde em decisão polêmica e se afasta do cinturão
Vídeo: O caminho de Júnior Cigano até a luta contra Stipe Miocic no UFC on FOX 13

“Se o Khabib (Nurmagomedov) estivesse saudável agora, provavelmente seria ele (a lutar pelo cinturão). Mas ele não está. Então é o (Rafael) dos Santos”, disse o dirigente, que também revelou o interesse do campeão Pettis na realização do duelo. “Só para registrar, o Pettis me mandou uma mensagem depois da luta e disse: ‘uau! Ele matou o Diaz’. E também: ‘Eu estou pronto. Eu luto contra ele. Se o Khabib estiver saudável, eu luto contra ele. Se não estiver, eu luto com o Rafael dos Anjos”, contou o dirigente, arrancando um sorriso empolgado do brasileiro.

Ao ser questionado sobre seus planos para imediatos, também na entrevista coletiva, Rafael foi direto. “Eu quero ser o primeiro brasileiro a ter o cinturão peso leve do UFC. Depois da luta com o Khabib, eu lutei três vezes. Eu venci o Jason High, o Ben Henderson e bati o Nate Diaz nesta noite. Eu adoraria ter uma chance pelo título. Eu estou no UFC há seis anos, tenho 17 lutas e me mudei para a Califórnia para correr atrás dos meus sonhos”, comentou o carioca.

Aos 30 anos, Rafael dos Anjos tem um cartel profissional de 23 vitórias e sete derrotas. Com o triunfo sobre Nate Diaz no UFC no FOX 13, Rafael chegou a impressionante marca de oito vitórias em suas últimas nove lutas. O brasileiro é o atual número três no ranking oficial de pesos leves.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments