CB Dollaway: ‘Se vencer o Lyoto, quero uma disputa de cinturão’

Vice-campeão do TUF 7 citou histórico de lesões para justificar seu desejo de não postergar muito uma eventual luta pelo título

Dollaway (foto) venceu suas duas últimas lutas contra brasileiros no Brasil. Foto: Josh Hedges/UFC

Dollaway (foto) venceu suas duas últimas lutas contra brasileiros no Brasil. Foto: Josh Hedges/UFC

É possível um atleta que ocupa a décima posição no ranking oficial de sua categoria chegar a uma disputa de cinturão vencendo apenas uma luta? Na opinião de CB Dollaway, se o adversário for Lyoto Machida, sim. Protagonista da luta principal do UFC Barueri neste sábado (20) ao lado do brasileiro, Dollaway, atualmente o décimo colocado nos pesos médios, garantiu que acredita que pode se tornar o primeiro atleta na fila pelo cinturão caso conquiste a vitória sobre Lyoto, que aparece no quarto lugar na mesma relação.

Veja Também

Aquecimento UFC Barueri: Relembre o nocautaço de Lyoto sobre Mark Muñoz
Ex-campeão Dominick Cruz vem ao Brasil como convidado para o UFC Barueri
Anderson Silva nega medo em retorno após fratura: ‘Espero chutar bastante’

“Eu não preciso de outra luta. Eu estarei pronto. Eu não quero correr o risco de sofrer outra contusão ou algo assim. Eu voltei de duas lesões, duas cirurgias grandes e sei que não se volta da mesma forma que se era antes. É difícil passar por isso e eu não quero correr esse risco. Se eu vencer o Lyoto, eu quero uma disputa de cinturão”, disse o norte-americano, em entrevista ao canal norte-americano “FOX Sports”.

CB Dollaway de 31 anos, tem um cartel profissional de 15 vitórias e cinco derrotas. O vice-campeão do TUF 7 vem de duas vitórias consecutivas, sobre Francis Carmont e Cezar Mutante. Neste sábado (20), pela primeira vez em sua passagem pelo Ultimate, Dollaway fará uma luta principal. Em Barueri (SP), ele encara Lyoto Machida no combate que fecha o card do UFC Fight Night 58.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments