No aniversário de Chuck Liddell, relembre grandes momentos do ‘Iceman’

Em 12 anos no UFC, lendário meio-pesado se tornou um dos lutadores mais populares a pisarem no octógono

Chuck "The Iceman" Liddell completa 45 anos nesta quarta-feira (17). Foto: Josh Hedges/UFC

Chuck “The Iceman” Liddell completa 45 anos nesta quarta-feira (17). Foto: Josh Hedges/UFC

Há 45 anos atrás, no dia 17 de dezembro de 1969, em Santa Barbara (Califórnia, EUA), nascia Charles David Liddell, ou Chuck Liddell, como viria a ser reconhecido internacionalmente mais adiante. Criado por sua mãe e avô materno, o pequeno Chuck teve contato com as artes marciais ainda jovem, primeiramente com o boxe, e depois com o caratê. Já adulto, Liddell também praticou kickboxing e jiu-jitsu, e foi justamente essa mistura de habilidades que o fez um dos lutadores de MMA mais bem sucedidos de todos os tempos.

Veja Também

Anderson Silva nega medo em retorno após fratura: ‘Espero chutar bastante’
Liderado por Fitch, Quarry e Le, grupo confirma processo contra o UFC por monopólio
Miesha Tate sugere que Ronda Rousey mude de desodorante: ‘Ela fede’
Aquecimento UFC Barueri: Relembre o nocautaço de Lyoto sobre Mark Muñoz

O hoje membro do Hall da Fama fez sua estreia no esporte em 1998, no UFC 17, vencendo Noe Hernandez por decisão unânime dos juízes. Nos anos seguintes, Liddell se revezou entre lutas no Ultimate, no japonês PRIDE e alguns eventos de menor porte, mas sempre com sucessos significantes.

Mas a glória para o “Iceman”, como é conhecido, veio mesmo em 2005, quando ele bateu Randy Couture, que se tornaria seu nêmesis em uma das rivalidades mais marcantes da história do UFC, e tornou-se campeão dos meio-pesados. Chuck ainda defenderia o cinturão com sucesso por quatro vezes antes de perdê-lo para Quinton Rampage.

Mesmo sem o cinturão, e já na reta final de sua carreira, Liddell, famoso pelo corte de cabelo moicano e a característica tatuagem na lateral da cabeça, ainda teve tempo de brilhar uma última vez, ao vencer o brasileiro Wanderlei Silva em uma batalha de três rounds eleita a “Luta do ano de 2007”. Após o triunfo, Chuck sofreu outras três derrotas e se aposentou definitivamente no MMA em 2010.

Chuck Liddell se aposentou com um cartel profissional de 21 vitórias e oito derrotas. Mais da metade dos triunfos do “Homem de gelo” vieram por nocaute ou nocaute técnico. Liddell também detém o recorde no Ultimate e é o lutador que mais mandou adversários à lona na organização, com 13 nocautes no octógono.

Assista abaixo ao vídeo com os melhores momentos do aniversariante Chuck Liddell:

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments