Alex Poatan explica decisão de aceitar defender cinturão com duas semanas de antecedência

Poatan defende o título dos meio-pesados em revanche contra Jiri Prochazka na luta principal do UFC 303

Alex Poatan

Alex Poatan antes de luta contra Jiri Prochazka (Foto: Reprodução/Instagram)

Na noite da última quinta-feira (13), Dana White pegou a comunidade de MMA de surpresa ao anunciar a revanche entre Alex Poatan e Jiri Prochazka, valendo o cinturão meio-pesado (até 93 kg) como nova luta principal do UFC 303, no dia 29 de junho, após nova lesão de Conor McGregor. Logo após ao anúncio, o brasileiro foi às redes sociais explicar a decisão de colocar o cinturão em jogo com tão pouco tempo de antecedência.

Na publicação, Poatan garantiu entender as dificuldades que uma defesa de cinturão com pouco tempo de preparação específica pode apresentar, mas se disse pronto para o desafio.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Sonnen Palmeiras
Taila-Santos-Ilara-Joanne-PFL-1-2024

“Eu sei que está muito perto e posso encontrar dificuldades, mas se alguém pode tornar o impossível possível, sou eu! É por isso que sou esse grande nome, Alex Poatan Pereira. Por conta da minha ética de trabalho e dos riscos que estou disposto a correr! Os ancestrais estão comigo, um grande espírito está dentro de mim”, escreveu o campeão.

Alex Poatan e Jiri Prochazka se enfrentaram pela primeira vez em novembro de 2023, valendo o título que se encontrava vago. Na ocasião, o brasileiro saiu vitorioso com um nocaute no segundo round e conquistou o segundo cinturão na organização. De lá para cá, o campeão defendeu o título contra Jamahal Hill, no UFC 300, mesmo evento no qual o tcheco se recuperou com vitória sobre Aleksandr Rakic.

PUBLICIDADE:

Poatan é defendido por ex-campeão em meio a perseguição sofrida no UFC

Leia Mais sobre: , , ,


Resultados do UFC Denver Resultados do UFC 303 Resultados do UFC Arábia Saudita Resultados do UFC Las Vegas 93 Resultados do UFC Louisville