Joanna Jedrzejczyk não descarta retorno ao octógono e cita condição especial para motivá-la

Polonesa garante não ter adversária em mente, mas expressa interesse em inaugurar cinturão BMF feminino

Joanna Jedrzejczyk se aposentou do MMA. Foto: Reprodução/Instagram @joannajedrzejczyk

Longe do octógono desde dura derrota sofrida em 2022, Joanna Jedrzejczyk voltou a flertar publicamente sobre possível retorno ao UFC. Apesar de não possuir nenhuma adversária em mente para desafiar, a polonesa destacou o que a motivaria a calçar as luvas novamente: disputa pelo cinturão BMF da organização. Até o momento não foi criado para categoria feminina.

“Eu adoraria (lutar), mas não tenho um nome em minha cabeça. Eu não sei. Quem quer que seja. Não tenho medo de lutar com ninguém, essa é a questão. É claro que, quando falaram do meu nome (como BMF), mandei uma mensagem para Hunter (Campbell) imediatamente. Eu disse: ‘Então, Hunter, o que você acha de eu lutar pelo cinturão feminino do BMF’, e ele disse: ‘Não, você não precisa de mais títulos’. Se criarem o BMF para mulheres, eu quero ser a primeira. Eu sairia da minha aposentadoria para lutar pelo cinturão da BMF. Vamos lá”, disse Jedrzejczyk ao Cageside Press.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Stipe Miocic é ex-campeão nos pesados do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Ex-campeã dos palhas (até 51,2kg.) e Hall da Fama no UFC, Joanna ficou conhecida pelo grande talento na luta em pé e personalidade provocativa contra adversárias durante promoções do confronto. Atualmente a polonesa possui 36 anos, com 16 vitórias e cinco derrotas em seu cartel profissional.

Poatan tem reação surpreendente e rebate Jake Paul sobre luta de boxe

Leia Mais sobre: , , ,


Resultados do UFC Denver Resultados do UFC 303 Resultados do UFC Arábia Saudita Resultados do UFC Las Vegas 93 Resultados do UFC Louisville