Fã de Pettis, filho de Dana White foi às lágrimas com vitória de Rafael dos Anjos no UFC 185 | SUPER LUTAS

Fã de Pettis, filho de Dana White foi às lágrimas com vitória de Rafael dos Anjos

Herdeiro do presidente do Ultimate, Aidan White não quis nem subir ao octógono com o pai após a luta principal do UFC 185

Herdeiro do presidente do UFC lamentou a derrota de A. Pettis (esq.) no último sábado (14). Foto: Josh Hedges/UFC

Herdeiro do presidente do UFC lamentou a derrota de A. Pettis (esq.) no último sábado (14). Foto: Josh Hedges/UFC

Ser filho do presidente da maior organização de MMA do planeta traz alguns privilégios, como poder assistir aos eventos ao lado do octógono e até mesmo entrar no ringue após o término das lutas mais importantes. Porém, apesar de tudo isso, o pequeno Aidan White, filho do presidente do UFC Dana White, não vai se lembrar com tanto carinho de sua experiência no UFC 185. Segundo o dirigente, Aidan chorou bastante após a derrota de Anthony Pettis, de quem é fã confesso, para o brasileiro Rafael dos Anjos e rejeitou o convite para entrar no cage ao seu lado, tamanha tristeza.

Veja Também

“Meus filhos têm assistido às lutas algumas vezes comigo. Mas o Aidan, meu filho, é um grande fã do Anthony Pettis. E eu havia dito a ele: ‘Quando a luta acabar, se o Anthony vencer, venha comigo e coloque o cinturão nele’. E quando ele não ganhou a luta, ele não quis subir comigo de jeito nenhum. Ele está chorando muito ali nos bastidores até agora”, contou o dirigente, em entrevista ao canal norte-americano “FOX Sports”, logo após o evento.

Dana ainda comentou o fato de Rafael dos Anjos ter atuado com uma lesão no joelho, sofrida poucas semanas antes do duelo pelo cinturão dos leves. Para o presidente, não há motivo para se irritar com o brasileiro, haja vista que ele não se pôs em risco e ainda saiu com a vitória. “Bater o Pettis é um grande feito. Ele teve um desempenho inacreditável e só me contou sobre seu joelho quando subi no octógono. Tire isso fora da equação e você já diz: ‘Uau!’. Leve isso em conta e é simplesmente incrível o que ele fez. E não foi algo assim tão perigoso, óbvio, para ele, porque ele poderia ter perdido porque não estava 100%, mas ele não só não perdeu como teve sua melhor atuação que já, sendo completamente dominante”, concluiu.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments