Georges St. Pierre revela: ‘Estou pensando em voltar’

Ex-campeão, no entanto, disse não ter planos concretos e que atualmente tem se focado em ajudar Rory MacDonald a conquistar o título

Reunião com o UFC aumenta rumores sobre volta de GSP. Foto: Josh Hedges/UFC

St.Pierre não luta desde novembro de 2013. Foto: Josh Hedges/UFC

Recentemente, o presidente do UFC Dana White descartou o retorno de Georges St. Pierre, afastado do MMA por tempo indeterminado desde o fim de 2013, à organização. Porém, nas palavras do próprio St. Pierre, o dirigente pode ter se precipitado em sua avaliação. Durante entrevista, o canadense revelou que, apesar de não possuir planos concretos, tem considerado voltar ao octógono.

Veja Também

McGregor rouba cinturão de José Aldo e brasileiro parte pra briga em coletiva na Irlanda
Vídeo divulgado pelo UFC mostra bastidores de confusão entre Aldo e McGregor na Irlanda
Vitor Belfort completa 38 anos. Relembre os maiores momentos da carreira do Fenômeno!

“Ele (Dana White) diz que tem certeza de que não irei voltar. Essa é a opinião dele. Eu treino e me mantenho em forma. Tenho marcas no meu corpo porque o machuco facilmente, treino forte. Isso não quer dizer que estou voltando, mas não quer dizer que não estou voltando. Estou pensando nisso”, disse o ex-campeão, em entrevista ao diário “The Winnipeg Sun”. “O Dana sempre faz o que é bom pelo lado dos negócios. Eu nunca fiquei chateado com ele, pelo contrário, ele tinha um bom motivo para dizer que, para voltar, você tem que ter aquela ‘fome'”, completou.

Antes de tomar uma decisão sobre seu eventual retorno ao octógono, GSP já tem outro objetivo bem mais claro em mente: ajudar o companheiro de treinos Rory MacDonald, que enfrenta Robbie Lawler em julho, a conquistar o título que um dia foi seu. ” que me daria mais prazer é ver Rory conquistando o título. Sinto como se eu conseguisse algo novo. Meu dever é ajudá-lo. Agora, estou onde estou e, se tiver de ter um fim, terminei no topo. Eu sempre quero voltar. Estalaria meus dedos e não seria tão difícil voltar à forma de luta”, garantiu.

Aos 33 anos, Georges St. Pierre possui um cartel profissional de 25 vitórias e duas derrotas. Ex-campeão dos meio-médios, “Rush”, como é conhecido, vagou o cinturão da categoria até 77 kg logo após sua nona defesa de cinturão, na qual venceu Johny Hendricks no UFC 167. Na ocasião, sem maiores explicações, GSP anunciou que estaria se afastando do MMA por tempo indeterminado, mas deixou no ar a possibilidade de um dia retornar ao esporte.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments