Pensando no futuro do UFC, Johny Hendricks pede: ‘GSP, continue aposentado’

Último adversário do canadense disse que ex-campeão deveria deixar que os outros lutadores decidam "quem será o próximo St. Pierre"

Hendricks (dir.) já enfrentou St.Pierre (esq.) em 2013. Foto: Josh Hedges/UFC

Hendricks (dir.) já enfrentou St.Pierre (esq.) em 2013. Foto: Josh Hedges/UFC

Recentemente, o ex-campeão dos meio-médios Georges St. Pierre revelou que tem considerado a ideia de voltar ao octógono. O que para os fãs foi motivo de comemoração, acabou despertando sentimento oposto no último adversário do canadense: o também ex-detentor do cinturão Johny Hendricks. Em entrevista, Hendricks disse que seria melhor que GSP se mantivesse afastado pelo bem da divisão e fez um pedido ao rival, pensando no futuro do UFC.

Veja Também

Minotauro enfrenta gigante holandês de 2,13m no UFC 190
Dana White: Ronda é a maior atleta com quem já trabalhei
Treinador de McGregor: ‘Não me assustaria se ele finalizasse o José Aldo’

“Tem uma parte de mim que diz: ‘Sim, eu adoraria tê-lo de volta, porque eu gostaria de lutar com ele de novo’. Mas também tem uma parte de mim que diz que eu nunca vou conseguir apagar o que ele fez. Isso faz sentido? Ele fez muito pelo esporte e muito pela divisão dos meio-médios. Então, tem uma parte de mim que diz: ‘Ei, continue aposentado e nos deixe decidir quem será o próximo GSP’. É assim que está a minha cabeça”, comentou “Big Rigg” durante participação na “Submission Radio”.

Hendricks e St. Pierre se enfrentaram em novembro de 2013, com vitória do canadense, em um resultado que foi bastante questionado por fãs, especialistas e até mesmo o presidente Dana White. Logo após o duelo, que foi a luta principal do evento que marcou os 20 anos do UFC, GSP anunciou que estava se afastando por tempo indeterminado do MMA.

Aos 33 anos, Georges St. Pierre possui um cartel profissional de 25 vitórias e duas derrotas. Já Johny Hendricks, de 31 anos, possui um retrospecto de 17 vitórias e três derrotas. O ex-campeão vem de vitória sobre Matt Brown, no último dia 14 de março, no UFC 185.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments