Anderson Silva participará de seletiva por vaga nas Olimpíadas do Rio no taekwondo

Categoria do Spider será uma das contempladas pela CBTKD com um dos convites a que tem direito por ser o país-sede da competição

Anderson treina taekwondo em sua academia nos EUA. Foto: Reprodução

Anderson treina taekwondo em sua academia nos EUA. Foto: Reprodução

Depois de fazer história no MMA, como o campeão mais duradouro da história do UFC e detentor do recorde de defesas de cinturão consecutivas na organização, Anderson Silva se prepara para tentar marcar seu nome também nos esportes olímpicos brasileiros. Após enviar uma carta à Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD) externando seu desejo de participar das Olimpíadas de 2016 na modalidade, o Spider já se prepara para a disputa da seletiva olímpica para os Jogos do Rio.

Veja Também

Após novo título no Jungle, Bilharinho mira acordo com UFC: ‘Se precisasse, lutaria lá na semana que vem’
Anderson Silva completa 40 anos de idade em momento conturbado; relembre sua carreira
Anderson Silva pede a Dana White para marcar revanche contra Nick Diaz no Brasil
Anderson Silva pede para disputar Olimpíadas de 2016 no taekwondo

Em seu perfil oficial no Twitter, o lutador inclusive divulgou imagens de seus primeiros treinos na nova modalidade, realizados em sua academia na Califórnia, a Muay Thai College. Antes mesmo do anúncio do Spider, a CBTKD já havia divulgado que uma das quatro vagas que já estão garantidas no torneio olímpico devido ao fato do Brasil ser o país-sede seria ofertada a atletas da categoria acima de 80 kg (peso pesado), justamente na qual se encaixa o ex-campeão do UFC. As seletivas olímpicas acontecem no início do próximo ano.

Atualmente, Anderson Silva, que tem um cartel profissional de 34 vitórias e seis derrotas no MMA, está suspenso temporariamente e aguarda o julgamento final de seu caso de doping, que deve acontecer no mês de maio. No dia 3 de fevereiro, poucos dias após vencer Nick Diaz no UFC 183, foi anunciado que Anderson Silva havia testado positivo para os esteroides anabolizantes drostanolona e androsterona em exame antidoping surpresa realizado no dia 9 de janeiro. Um segundo exame, feito no dia 19 do mesmo mês, não apresentou nenhum traço de substância ilegal. No exame pós-luta, no entanto, Anderson voltou a testar positivo para anabolizantes e, além disso, também para dois ansiolíticos, Oxazepam e Temazepam, remédios geralmente usados para combate da insônia e distúrbios do sono.

Na carta de intenção enviada à CBTKD, Anderson se disse motivado para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de 2016 e destacou sua boa relação com o presidente da entidade, Carlos Fernandes. ““Todos sabem que para um atleta de alto rendimento, os Jogos Olímpicos são o sonho de todo atleta e assim, não seria diferente comigo. Quando ganhei o título de embaixador do esporte pelo Presidente Carlos Fernandes, esse sentimento passou a ficar ainda mais forte e, sendo em meu país, esse espírito olímpico me deixou muito motivado. Será um imenso prazer fazer parte desse time de ouro e que tem uma instituição séria, comandada pelo presidente Carlos Fernandes que muito nos honra, juntamente com toda sua equipe. Sendo assim, deixo aqui registrada a minha vontade de representar o Taekwondo e o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Com toda minha estima, força e honra”, declarou o Spider, na ocasião.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments