Anderson Silva completa 40 anos de idade em momento conturbado; relembre sua carreira

Campeão dos médios do UFC entre 2006 e 2013, ‘Spider’ vive fase difícil em meio a polêmicas envolvendo exames antidoping

A. Silva (foto) completou 40 anos de idade. Foto: Josh Hedges/UFC

A. Silva (foto) completou 40 anos de idade. Foto: Josh Hedges/UFC

Campeão mais dominante da história do UFC e um dos maiores lutadores de MMA de todos os tempos, Anderson Silva completa 40 anos de idade nesta terça-feira (14). Apesar de ter desfrutado o sucesso em boa parte de sua carreira no mundo das lutas, “Spider”, como é conhecido, passa por um momento conturbado, o que põe em xeque inclusive a sua continuidade no esporte.

Veja Também

Vídeo: Anderson Silva recebe notícia de doping no trailer do 3º episódio do TUF Brasil 4
Anderson Silva pede para disputar Olimpíadas de 2016 no taekwondo
TUF Brasil 4: Shogun e Anderson definem times e marcam primeira luta do programa

Atleta profissional desde 1997, Anderson fez sua estreia no esporte no cenário nacional, lutando em eventos em Campo Grande (MS) e Curitiba (PR). Seu primeiro título de destaque mundial foi em 2001, quando bateu Hayato Sakurai no Japão para conquistar o cinturão do Shooto.

Assim, se tornou questão de tempo para que Silva estreasse no PRIDE, o maior evento do planeta da época. Nocautes sobre Alex Stiebling e Carlos Newton chamaram a atenção, mas o brasileiro não conseguiu deslanchar como se esperava após sofrer derrotas para os discretos Daiju Takase e Ryo Chonan.

Em seguida, desanimado em meio a pensamentos sobre aposentadoria, Anderson buscou se reinventar em sua carreira na Inglaterra, competindo na organização Cage Rage, a maior da Europa na época. Lá, teve retrospecto perfeito, conquistando o cinturão dos médios, o que acabou lhe servindo de ingresso ao UFC.

No octógono, Anderson mudou todos os padrões de excelência ao não somente conquistar o título, mas também dominar seus adversários. Em suas primeiras 16 lutas no UFC, “Spider” obteve 16 vitórias, sendo apenas duas na decisão dos juízes – de resto, só nocautes e finalizações. O primeiro revés (e a perda do título) vieram contra Chris Weidman, em julho de 2013, em luta na qual foi intensamente criticado por exagerar nas brincadeiras.

A revanche veio alguns meses depois, e novamente se tornaria um grande trauma para o lutador. No segundo round do combate, Anderson desferiu um chute baixo em Weidman, que bloqueou o golpe com o joelho – como resultado, a perna de Anderson se partiu no meio de forma chocante, encerrando a luta com uma fratura que entrou para a história do MMA.

Após meses de intensa fisioterapia, Anderson retornou às lutas contra Nick Diaz, em janeiro deste ano. A vitória veio na decisão dos juízes, em resultado que levou o brasileiro às lágrimas em pleno octógono. Porém, o grande golpe veio pouco depois, quando “Spider” foi flagrado em dois exames antidoping com anabolizantes e ansiolíticos. O julgamento do caso será realizado em breve, e poderá mudar os rumos da carreira de um dos maiores lutadores da história.

Confira abaixo os principais momentos de Anderson Silva no UFC:

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments