Rival de Jacaré rebate críticas por casamento de revanche: ‘Fui o único que aceitou’

Chris Camozzi garante que aprendeu com erros de primeira luta com brasileiro e afirma que, apesar do pouco treino, buscará a vitória

Camozzi (foto) substituiu Romero em luta com Jacaré. Foto: Josh Hedges/UFC

Camozzi (foto) substituiu Romero em luta com Jacaré. Foto: Josh Hedges/UFC

O anúncio de que Chris Camozzi seria o substituto para o lesionado Yoel Romero na luta diante de Ronaldo Jacaré, no UFC on FOX 15, deixou muita gente decepcionada. Isso porque o norte-americano foi derrotado facilmente pelo brasileiro em 2013, quando Jacaré fazia sua estreia no Ultimate. Porém, Camozzi respondeu às críticas e afirmou que a culpa, na verdade, é dos demais lutadores que se recusaram a enfrentar o brasileiro tão em cima da hora para o evento.

Veja Também

Encarada tensa de musas rouba cena em pesagem do UFC on FOX 15; Lyoto e Jacaré batem o peso
Jacaré exalta foco para nova luta com Camozzi e diz: ‘Vou ser o próximo a lutar pelo título’
Aquecimento UFC on FOX 15: Reveja a primeira vitória de Jacaré sobre Chris Camozzi

Em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”, Camozzi afirmou que vários outros atletas da divisão dos médios foram convidados a enfrentar Jacaré, mas que nenhum deles aceitou. “As pessoas que reclamam da luta deveriam entrar em contato com quem não aceitou. Não ofereceram a luta só para mim, mas fui o único que disse sim. Eu sei que ofereceram a luta para vários outros”, afirmou.

Apesar de ter sido escalado para o evento em cima da hora, Camozzi garante que seu foco está voltado a dar o troco em Jacaré. “A vitória moral para mim seria vencer a luta. Uma vitória é uma vitória, caso contrário é só mais uma derrota no cartel. Não importa o quão bem você foi, mas uma derrota é uma derrota”, explicou.

Além disso, Camozzi afirma que aprendeu com os erros do primeiro encontro com Jacaré, quando foi finalizado ainda no primeiro round. “Eu sei o que fiz de errado. Fiquei ansioso demais em vez de ser paciente. Quando tentei tirar seu joelho da minha barriga, expus meu braço demais e ele aproveitou e encaixou o katagatame”, disse, acrescentando que evoluiu como lutador desde então. “Comecei a focar em meus pontos mais fracos, como o wrestling. Estou com um novo treinador para melhorar meu fortalecimento, estou mais rápido, mais forte, e não estou pesado. Estou treinando da maneira correta, com os companheiros de treinos corretos. Tudo está dando certo até agora”, completou.

A luta entre Chris Camozzi e Ronaldo Jacaré será a atração co-principal do UFC on FOX 15, neste sábado (18), na cidade de Newark, em Nova Jersey (EUA). Na luta mais importante da noite, Lyoto Machida enfrenta Luke Rockhold também na categoria dos médios.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments