Jacaré revela torcida por título de Belfort para enfrentá-lo em seguida no Brasil

Brasileiro também defendeu seu lugar como próximo desafiante ao cinturão, à frente do norte-americano Luke Rockhold

Jacaré (foto) vem de cinco vitórias seguidas e é o segundo colocado no ranking. Foto: Josh Hedges/UFC

Jacaré (foto) vem de cinco vitórias seguidas e é o segundo colocado no ranking. Foto: Josh Hedges/UFC

Ronaldo Jacaré já escolheu o lado de Vitor Belfort na disputa do cinturão dos médios contra Chris Weidman, marcada para o dia 23 de maio, na luta principal do UFC 187. A opção de Jacaré, no entanto, não foi motivada por patriotismo em relação a seu conterrâneo. Em entrevista, o atual segundo colocado no ranking da divisão até 84 kg disse que espera o triunfo de Belfort para posteriormente enfrentá-lo em uma superluta no Brasil.

Veja Também

Erick Silva e Rick Story fazem luta principal de evento com finais do TUF Brasil 4
Anderson confirma participação em seletiva olímpica: ‘Não estou preocupado em passar vergonha’
Vídeo: Anderson Silva mostra habilidade com nunchaku de olho nas Olimpíadas

“Acredito que seja uma luta dura para o Belfort. O Chris Weidman é novo, tem muita força, é muito grande, e o Belfort sempre teve problemas para lutar com wrestlers, mas estou torcendo para o Leão, acredito que ele vá surpreender e trazer esse título para o Brasil. Se trouxer, será eu e ele no Brasil. O melhor de tudo é que o título vai ficar no Brasil e comigo”, disse o capixaba, em entrevista ao site do canal “Combate”.

Se em recentes declarações, Luke Rockhold, algoz de Lyoto Machida no último fim de semana, defendeu seu lugar como próximo desafiante, Jacaré também tratou de pleitear o posto e fez campanha para ficar a frente do norte-americano na corrida pelo título. “Com certeza serei o próximo. O Luke já perdeu no UFC, venho de cinco vitórias contra caras duros, o Lyoto já teve a chance dele e agora perdeu para o Rockhold e quando o Rockhold lutou comigo, ele perdeu. O juiz que lutou por ele. Com certeza mereço mais que qualquer outro, venho de cinco vitórias, fui campeão de outro evento e, sem sombra de dúvidas, serei o próximo. Consegui as melhores apresentações e mereço ter a chance de lutar pelo título”, assegurou.

Aos 35 anos, Ronaldo Jacaré tem um cartel profissional de 22 vitórias, três derrotas e uma luta sem resultado. O atleta da X-Gym vem de cinco vitórias consecutivas no octógono e não perde desde a disputa do cinturão dos médios do extinto Strikeforce em setembro de 2011, quando acabou superado justamente por Luke Rockhold, em uma decisão dos juízes que questiona até hoje.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments