Antes de encarar Belfort, Weidman crava: ‘Está claro que Anderson Silva nunca me venceria’

Campeão dos médios escreveu artigo para site especializado no qual deixou externou incômodo com falta de reconhecimento mesmo após triunfos sobre o Spider

C. Weidman (esq.) voltou a lembrar duelos contra A. Silva (dir.). Foto: Josh Hedges/UFC

C. Weidman (esq.) voltou a lembrar duelos contra A. Silva (dir.). Foto: Josh Hedges/UFC

No próximo sábado (23), Chris Weidman colocará o cinturão dos médios em jogo contra Vitor Belfort na luta co-principal do UFC 187, mas o norte-americano segue com outro brasileiro em mente: Anderson Silva. Algoz do Spider em duas oportunidades, Weidman escreveu um artigo no qual falou sobre o ex-campeão tupiniquim e deu mostras de que o fato de ter sido alvo de dúvidas mesmo após os triunfos ainda não foi completamente superado.

Veja Também

Michael Bisping aposta em vitória de Weidman sobre Belfort ‘sem o suco mágico’
Pupilo de Belfort comenta preparação para o UFC 187: ‘Ainda temos que deixá-lo meio psicopata’
Na chegada a Las Vegas, Weidman revela que ainda precisa perder 9 kg
Anderson Silva aconselha Jon Jones: ‘Você precisa mudar tudo na sua vida’

“Eu sequer ficaria animado para uma terceira luta contra o Anderson Silva. Depois de vencer aquelas duas lutas e também bater o Lyoto Machida para defender meu cinturão, eu preciso de competição. E hoje está claro para todos o que eu já sabia ser verdade desde sempre: Anderson Silva nunca me venceria”, disse Weidman, no artigo publicado no “The Player’s Tribune”, site em que os próprios atletas apresentam suas visões sobre o esporte em texto, fundado pelo ex-jogador de beisebol Derek Jeter.

Mas Weidman não parou por aí. O campeão relembrou o desfecho da segunda luta contra o Spider, na qual o brasileiro acabou com a perna fraturada e lamentou o ocorrido. “Eu não queria que a perna dele tivesse quebrado. Esse não era o jeito que eu queria que a luta terminasse. Eu sei que não há nenhum jeito do Anderson Silva me bater, mas ainda me incomoda que aquela luta tenha acabado dessa forma”, revelou.

Por fim, o norte-americano também falou sobre seu próximo desafio, diante de Vitor Belfort. Ainda demonstrando insatisfação com o não reconhecimento após as vitórias sobre Anderson e Lyoto, Weidman garantiu que quer dar um recado claro para todos diante do Fenômeno e mostrar que domina a divisão até 84 kg. “Eu quero dominar completamente o Vitor Belfort no sábado. Eu quero dar o meu recado e fazer com que todos saibam que eu estou muito a frente de qualquer outro, que eu domino essa categoria de peso”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments