Bellator e GLORY se unem para promover evento misto de MMA e kickboxing em setembro

Card "híbrido", aos moldes do japonês "Dynamite!" deve acontecer em setembro, na cidade de San Jose (EUA)

Imagem de divulgação do Bellator sugeriu possível volta do "Dynamite!". Foto: Bellator/Divulgação

Imagem de divulgação do Bellator sugeriu possível volta do “Dynamite!”. Foto: Bellator/Divulgação

Veja Também

Dana volta atrás, descarta Cigano e diz que desafiante de Werdum será Arlovski ou Miocic
Campeã polonesa provoca rival e encarada pega fogo após pesagem do UFC Berlim
Finais do TUF Brasil 4 são adiadas para o UFC 190 após problemas com vistos para os EUA

Nos primórdios das artes marciais mistas, especialmente no Japão, não era incomum acompanhar cards que apresentassem lutas de modalidades diversas, como kickboxing, jiu-jitsu e até o próprio MMA. Pois, se depender das organizações Bellator e GLORY, parece que essa forma de organizar eventos está perto de voltar à ativa. A junção estaria sendo intermediada pelo canal de televisão a cabo dos Estados Unidos Spike TV.

Segundo o site norte-americano “MMA Fighting”, o evento “híbrido” acontecerá em setembro, na cidade de San Jose, no estado norte-americano da Califórnia, e contaria com duas estruturas montadas dentro da mesma arena: um cage circular para a realização das lutas de MMA e um ringue que abrigaria os duelos de kickboxing.

Ainda de acordo com o relato da publicação, os indícios, especialmente por conta da imagem de divulgação utilizada pela organização, dão conta de que o novo evento pode reviver a marca “Dynamite!”, famosa promoção de eventos mistos de MMA e kickboxing no Japão. Até hoje, a primeira edição do “Dynamite”, co-produzida pelo PRIDE em 2002 e que foi palco do lendário duelo entre Rodrigo Minotauro e Bob Sapp, possui o recorde de público na história do MMA, com mais de 91 mil pessoas presentes à Saitama Super Arena.

Entre os principais nomes do Bellator esperados para fazer parte do card híbrido, estão:  Tito Ortiz, Phil Davis, Paul Daley e Joe Schilling.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments