Técnico de McGregor: Aldo só saberá se luta ou não na véspera do UFC 189

Apesar da incerteza, John Kavanagh garantiu que irlandês está tranquilo em relação ao duelo pelo cinturão, seja interino ou linear

Confirmação de duelo entre Aldo (esq.) e McGregor (dir.) deve ficar para os últimos momentos. Foto: Cathal Noonan/INPHO

Confirmação de duelo entre Aldo (esq.) e McGregor (dir.) deve ficar para os últimos momentos. Foto: Cathal Noonan/INPHO

Após dias de apreensão, a organização do Ultimate pôs fim ao suspense e confirmou a luta entre José Aldo e Conor McGregor, mas garantiu também uma alternativa ao anunciar a entrada de Chad Mendes e a criação de um cinturão interino caso o brasileiro não possa atuar. A decisão sobre quem será de fato o adversário do irlandês, no entanto, só deve ser tomada na véspera do UFC 189, momentos antes da pesagem oficial do evento. Quem garante é o técnico de McGregor, John Kavanagh.

Veja Também

UFC põe fim a novela e confirma Aldo x McGregor, mas anuncia plano B
Com luta confirmada, McGregor provoca Aldo: ‘Era só uma pequena cólica menstrual’
Wanderlei Silva alerta Aldo para ‘jogo de interesses’ e aconselha: ‘Só lute se estiver 100%’
Sparring de Aldo detalha lance que provocou fratura do campeão e revela tristeza com episódio

“A Comissão Atlética do Estado de Nevada pode impedir a luta contra Aldo no dia da pesagem, véspera da luta. É nesse dia que os exames médicos pré-luta serão feitos. Aldo pode ainda querer lutar, mas o médico pode dizer não se ele não acreditar que ele tem condições de competir. Aí, está basicamente fora das mãos de Aldo, das nossas ou do UFC. (Neste caso) Entra Chad Mendes. Pediram a Mendes para bater o peso e ele estará lá, então pode ser ele subindo na balança em vez do Aldo, até onde sabemos. Esse tipo de coisa acontece geralmente em pequenos eventos regionais, mas isso é uma disputa de cinturão no UFC”, escreveu Kavanagh, em sua coluna semanal no jornal irlandês “The 42”.

Apesar disso, entretanto, o líder da Straight Blast Gym (SBG Ireland) garantiu que a incerteza não incomoda McGregor, e usou a reação do lutador à notícia como exemplo disso. “Isso não é grande coisa pra nós, no entanto. É até um pouco empolgante, pra ser honesto. Quem vai subir na balança quando for a hora da pesagem? Nós não vamos saber até o dia da pesagem. Euntrei em no quarto do McGregor e disse que poderia ser o Mendes. Ele abriu um olho, disse: ‘Eles são todos iguais’. E voltou a dormir. Esse foi o máximo de negociação que tivemos”, revelou.

Pelo menos até segunda ordem, o duelo principal do UFC 189, no dia 11 de julho, marcará a disputa de cinturão dos pesos penas entre José Aldo e Conor McGregor. O evento, que marca o ponto alto da International Fight Week (Semana Internacional da Luta), também será o primeiro a contar com os novos uniformes produzidos pela Reebok, após o acordo milionário entre o Ultimate e a marca pela exclusividade produção e fornecimento de material esportivo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments