UFC tira Travis Browne de ‘festa do MMA’ após acusações de violência doméstica

Peso pesado não faz mais parte da "International Fight Week", feira promovida pela organização em Las Vegas (EUA) na semana do UFC 189

Namorada de T. Browne (foto) divulgou fotos de seus hematomas nas redes sociais. Foto: Josh Hedges/UFC

Namorada de T. Browne (foto) divulgou fotos de seus hematomas nas redes sociais. Foto: Josh Hedges/UFC

Após as acusações de violência doméstica feitas por sua esposa nesta semana, por meio de uma denúncia com fotos nas redes sociais, o peso pesado Travis Browne não faz mais parte da programação da “International Fight Week”, feira com diversos eventos promovida pelo Ultimate anualmente em julho e que neste ano acontece nos dias que antecedem o UFC 189. A exclusão de Browne foi confirmada pela organização por meio de comunicado oficial.

Veja Também

Assista a pesagem do UFC 189, com McGregor x Mendes. Ao vivo!
Cheia de charme, Paige VanZant pede ajuda aos fãs para escolher biquíni
Cyborg atropela em 45 segundos, defende cinturão e desafia Ronda: ‘Pare de correr!’
Vídeo: Antes do UFC 189, confira 5 curiosidades sobre Conor McGregor

“O UFC está ciente das alegações feitas sobre o peso pesado Travis Browne nas mídias sociais. A organização exige que todos os atletas se comportem de maneira ética e responsável, conforme estipulado na Política do Código de Conduta de Lutadores do UFC. O UFC não vai tolerar violência doméstica ou qualquer outro tipo de violação. Cada atleta merece o devido processo legal e essa situação, como todas as alegações oficiais, será devidamente analisada e amplamente investigada por uma parte independente. A partir desta notícia, Travis não participará das atividades da Semana Internacional de Luta do UFC, em Las Vegas”, escreveu a organização.

Ainda na nota oficial, o evento reforçou sua postura no combate à violência doméstica. “A prevenção da violência doméstica e a educação dos atletas são de extrema importância para a organização. O UFC mantém seus atletas no mais alto padrão e continuará a tomar as medidas adequadas, se e quando tal se justifique”, concluiu.

Aos 32 anos, Travis Browne possui um cartel profissional de 17 vitórias, três derrotas e um empate. O havaiano vem de derrota para Andrei Arlovski, no UFC 187, realizado no último dia 23 de maio. Até o momento, a namorada de Browne ainda não disse se prestou queixa contra o atleta. Além disso, o próprio lutador não comentou o episódio.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments