Jogador de beisebol flerta com Ronda Rousey, mas é barrado por mãe da lutadora

Anthony Giansanti separou um ingresso para Rousey assistir a um jogo do Chicago Cubs e foi lembrado de luta da norte-americana no Rio

Ronda tem um cartel profissional de dez vitórias e nenhuma derrota. Foto: Josh Hedges/UFC

Ronda tem um cartel profissional de dez vitórias e nenhuma derrota. Foto: Josh Hedges/UFC

Ronda Rousey está com os preparativos para sua próxima luta, no dia 1º de agosto, a todo o vapor, mas viu seu nome ser envolvido em uma situação curiosa nesta semana. Um jogador da liga norte-americana de beisebol, Anthony Giansanti, deu em cima de Rousey por mensagens no Twitter, mas a mãe da lutadora tomou frente e “cortou as asinhas” do pretendente.

Veja Também

Cyborg mira luta com Ronda, mas espera ver rival ‘levar surra’ de Bethe Correia no UFC 190
Ronda Rousey diz que luta com Bethe Pitbull é pessoal: ‘Nunca quis bater tanto em alguém’
Ronda chora ao relembrar provocações de Bethe sobre suicídio de seu pai

Giansanti, de 26 anos, jogador do Chicago Cubs, enviou uma série de mensagens destinadas à norte-americana. Em uma delas, disse ter separado um ingresso especial para que Rousey pudesse assistir de perto um de seus jogos. Em outra, pediu para que os torcedores do time o ajudassem a convencê-la a ser sua acompanhante no casamento de um colega.

Diante da indiferença da campeã do UFC, que nem mesmo chegou a responder aos flertes, foi a mãe de Rousey que se manifestou. AnnMaria De Mars, primeira norte-americana a se sagrar campeã mundial de judô, em 1984, disse que sua filha não tem tempo para romances. “Ela meio que tem uma coisa para fazer no Brasil agora”, disse, referindo-se à luta principal do UFC 190, no Rio de Janeiro.

Giansanti, então, desistiu do convite, mas somente por enquanto. “Minhas desculpas a Ronda Rousey. Ronda, vá defender seu título, mas depois comemore comendo um cachorro-quente e tomando cerveja em um jogo de beisebol”, brincou.

No primeiro dia de agosto, Ronda Rousey defenderá novamente seu cinturão em combate de invictas, diante da brasileira Bethe Correia.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments