‘Talvez eu o finalize desta vez’, confia Dillashaw, sobre revanche com Barão

Campeão dos galos diz que seria ‘ridículo’ se rival não batesse o peso e vê desenrolar do combate semelhante ao primeiro encontro dos dois

Dillashaw (foto) enfrenta Barão em revanche. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Dillashaw (foto) enfrenta Barão em revanche. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

TJ Dillashaw chega à revanche com Renan Barão, neste sábado (25), cheio de confiança. O norte-americano, campeão dos galos do UFC, acredita que possui todos os atributos para dominar novamente o brasileiro e encerrar o combate antes mesmo da decisão dos juízes, falando, inclusive, em obter uma finalização.

Veja Também

Barão confirma que já está no peso para revanche contra Dillashaw
Vídeo: Antes do UFC on FOX 16, confira 5 curiosidades sobre Barão e Dillashaw
Ex-treinador critica Team Alpha Male e enaltece Dillashaw: ‘É o único de lá que quer ser campeão’

Dillashaw e Barão se enfrentaram pela primeira vez em maio do ano passado, quando o norte-americano surpreendeu a todos e venceu por nocaute técnico no quinto round. Na revanche, no UFC on FOX 16, Dillashaw espera acabar com a luta ainda mais rapidamente.

“Eu definitivamente vou tentar acabar com a luta. Você nunca espera uma guerra de cinco rounds, porque não quer ser pego de guarda baixa, mas sei que sou o lutador mais rápido, tenho melhor wrestling, posso levar a luta até onde eu quiser. Mas quem sabe? Talvez eu o finalize desta vez”, disse, em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”.

A revanche originalmente estava agendada para agosto de 2014, somente três meses após o primeiro duelo. No entanto, Barão acabou não batendo o peso e a luta não aconteceu. Mesmo que o brasileiro tenha tido mais tempo para se ajustar seu jogo, Dillashaw acredita que o desenrolar da revanche será semelhante ao primeiro encontro entre os dois. “Ele provavelmente teve mais tempo para esfriar a cabeça, mas, assim que o primeiro round começar e eu o acertar na cabeça, os pensamentos da primeira luta vão voltar à tona”, comentou.

Dillashaw, aliás, espera que Barão consiga bater o peso desta vez. “É melhor que ele não deixe de bater o peso. Seria ridículo [se ele não conseguisse]. E seria péssimo para o UFC. Mas isso não vai acontecer. Seria ridículo”, declarou.

Para o alívio de Dillashaw, Barão já está no peso certo para a luta. Assim, os dois atletas deverão se enfrentar no octógono montado na cidade de Chicago, nos Estados Unidos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments