Sem fazer questão de lutar pelo título, Arlovski diz que não se impressionou com atuação de Werdum

Lutador bielorrusso afirmou que não está disposto a esperar seis meses para desafiar brasileiro: ‘Preciso ganhar dinheiro’

Arlovski (foto) bateu Browne em combate movimentadíssimo. Foto: Josh Hedges/UFC

Arlovski (foto) vem de três vitórias seguidas no UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Apontado como possível próximo desafiante pelo cinturão dos pesados do UFC, Andrei Arlovski deu pouca importância ao assunto e afirmou que não faz questão de lutar pelo título em sua próxima aparição no octógono.

O bielorrusso, de 36 anos de idade, afirmou que não está em momento da carreira para ter que esperar pela recuperação do atual campeão, Fabrício Werdum, que possivelmente só estará apto a voltar a lutar no fim do ano.

Veja Também

Arlovski revela lado amargo de vitória sobre Browne: ‘Foi como bater em um irmão’
Werdum projeta caminho de revanches e vê Arlovski como próximo rival
Arlovski aproveita anúncio da volta de Fedor ao MMA e desafia rival para revanche

Arlovski, que vem de três vitórias seguidas desde que retornou ao UFC, disse que gostaria de lutar em breve por questões financeiras. “Estou em uma idade em que é importante ganhar dinheiro. É legal ser campeão e tudo mais, mas eu já fui campeão por três vezes. Até onde sei, Werdum está machucado, então seria pouco produtivo para mim ter que ficar seis meses esperando para lutar pelo título. Minha idade não permite esperar e torcer para que algo aconteça. Quero lutar agora mesmo. Tenho uma família e obrigações. Uma luta sem valer o cinturão não seria problema para mim”, explicou, em entrevista ao canal do YouTube “BSNews”.

Mesmo assim, Arlovski comentou a atuação de Werdum no UFC 188, em junho, quando finalizou Cain Velasquez e unificou o título dos pesados. Ao contrário da opinião de muitos, o bielorrusso disse que não ficou surpreso com a performance do brasileiro. “Quando Werdum lutou com Browne e Hunt, ele me impressionou com a velocidade em suas mãos e técnica de boxe. Mas eu não vi nada disso na luta contra Cain. Por um lado, fiquei feliz com isso. Mas, por outro, eu tenho que continuar evoluindo de qualquer forma. Quando você para de evoluir, começa a regredir, então tenho muito trabalho pela frente”, comentou.

O UFC não definiu exatamente quem será o próximo desafiante pelo cinturão dos pesados. Além de Arlovski, também estaria no páreo Stipe Miocic, sendo que Júnior Cigano também já expressou o desejo de lutar pelo título.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments