De olho no cinturão do UFC, Claudinha Gadelha inicia treinos mesmo com a mão lesionada

Brasileira quer revanche diante da campeã polonesa, Joanna Jedrzejczyk, pelo título peso palha

Gadelha dominou Aguilar no UFC 190. Foto: Inovafoto

Gadelha (dir) já treina de olho na chance pelo cinturão do UFC. Foto: Inovafoto

A brasileira Claudia Gadelha conta os dias para voltar ao octógono. A peso palha, que deve ser a próxima desafiante ao cinturão de Joanna Jedrzejczyk, já começou os treinamentos para o duelo mais importante de sua vida, mesmo com uma torção na mão esquerda.

A lutadora revelou que ainda protege a mão lesionada na luta contra Jessica Aguilar no UFC 190, realizado no dia 1 de agosto, no Rio de Janeiro. Mas já afia seu boxe e o condicionamento físico.

“Eu voltei aos treinos, embora eu ainda não possa usar minha mão esquerda. Eu irei treinar boxe usando a mão direita, trabalharei as pernas, farei alguns treinos físicos. Farei de tudo, mas sem usar a mão esquerda”, declarou Claudinha ao site norte-americano MMA Fighting.

Veja Também

Trapalhadas: Julgamento de Anderson Silva é marcado por festival de gafes
Miesha Tate questiona posição de Bethe no ‘top 10’: ‘Cometeu erros de iniciante’
‘Defesa de Anderson foi boba e ridícula’, analisa Chael Sonnen

Apesar de já ter retomado os treinos, Gadelha aposta que sua luta contra Joanna Jedrzejczyk deve acontecer apenas no início de 2016.

“Eu devo lutar entre janeiro e fevereiro. Eu torci um ligamento do meu dedo do meio, e o médico disse que eu estarei 100% para golpear novamente e poder começar minha preparação em três meses. Eu trabalharei outras coisas durante esse período, ficando mais forte, mais flexível, mais rápida, e quando eu estiver pronta para golpear novamente com minha mão esquerda, começarei o camp”, completou.

A revanche

A polonesa Joanna Jedrzejczyk e a brasileira Claudinha Gadelha já se enfrentaram. No UFC on FOX 13, realizado em dezembro de 2014, as duas fizeram a estreia no octógono. O combate foi bastante equilibrado do início ao fim e a atleta europeia levou a melhor em uma contestada decisão dos juízes. A atleta tupiniquim já revelou em diversas oportunidades que não se considera derrotada naquele embate, pois acredita que derrotou a atual campeã.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments