Popó vence argentino por nocaute em retorno ao Boxe

Acelino-PopoO tempo passou, mas a potência de Acelino Popó continua a mesma. Aos 39 anos, o maior nome do boxe brasileiro voltou aos ringues em grande estilo. Diante do argentino Mateo Veron, o ‘Mão de Pedra’ nocauteou o rival de forma avassaladora no terceiro round. O combate foi realizado na noite deste sábado (15), em Santos (SP).

Veja Também

Floyd Mayweather define adversário e local de sua última luta no boxe profissional
Mayweather esnoba MMA: ‘Estou no ramo de US$ 100 milhões, não de US$ 100 mil’
Peso galo do UFC diz que quase brigou com Mayweather em festa

A luta

Conhecido por seu poder de nocaute, Popó não quis perder tempo com estudos e partiu logo para a encerrar a disputa. Apesar dos quase 40 anos de idade, a mão direita do brasileiro levou Veron ao chão logo no primeiro round. O árbitro central abriu contagem, mas o argentino voltou a disputa.

No segundo assalto, Mateo marcou o perigoso golpe de direita do brasileiro e cresceu na disputa. Sem aceitar a troca franca, o argentino equilibrou a disputa, levando perigo no contragolpe.

Quando a luta parecia ficar em perigo, com a diferença de 13 anos  a favor do argentino, Popó liquidou a fatura. Com um direto de direita, o brasileiro levou o oponente ao chão. O árbitro abriu contagem. Ainda atordoado, Acelino acertou Veron que voltou a cair.

O terceiro knockdown do assalto liquidou a fatura. Com o argentino atordoado, Popó acertou um upper de direita que arrancou o protetor bucal do rival, e chegou ao nocaute.

Com a vitória, Com a vitória, Popó emplacou a 40ª vitória na carreira, 34ª por nocaute. Ele também soma duas derrotas.

Popó emocionado

A vitória emocionou Popó. O pugilista chorou ainda no ringue onde recebeu abraços dos filhos e um beijo da esposa. Ele subiu nas cordas e agradeceu a torcida pelo apoio durante toda a peleja.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments