‘Não vou me aposentar sem enfrentar Jon Jones’, diz Chris Weidman

Movido por desafios, campeão dos médios reforça desejo em lutar contra o antigo detentor do cinturão da categoria de cima

C. Weidman (foto) voltou a mostrar desejo em enfrentar J. Jones. Foto: Josh Hedges/UFC

C. Weidman (foto) voltou a mostrar desejo em enfrentar J. Jones. Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

Weidman comemora aniversário de dois anos de nocaute sobre Anderson com foto: ‘Indescritível’
UFC planejava realizar Jones x Weidman em estreia em Nova York, revela White
Ao estilo R10, Rockhold tira onda com duas beldades de biquini

Atual campeão dos médios do UFC, Chris Weidman planeja voos bastante altos para sua carreira. O norte-americano afirmou que não pretende se aposentar do esporte sem antes enfrentar Jon Jones, ex-campeão dos meio-pesados e considerado por muitos o melhor lutador peso por peso do mundo.

Jones, cujo cartel é de 21 vitórias e uma derrota, era o campeão dominante da divisão até 93 kg. Porém, ele foi destituído de seu título após se envolver em um polêmico acidente de trânsito, em abril. Mesmo assim, caso de fato retorne às lutas, o atleta está na mira de Weidman, dono do cinturão da categoria de baixo (até 84 kg) e invicto no MMA profissional.

“Sei com certeza que não vou me aposentar deste esporte sem ter lutado contra Jon. A menos que ele não volte a lutar. Mas, se ele voltar e eu estiver por aí, as pessoas vão querer ver essa luta. E eu quero que isso aconteça”, disse Weidman, em entrevista ao podcast “The MMA Hour”.

Mesmo desafiando Jones de forma insistente, Weidman esclarece que não possui nenhum tipo de problema pessoal com o compatriota. “Não tenho nada contra Jon. É porque eu sou um competidor, quero lutar com as melhores pessoas. Quero ter os maiores desafios e vencê-los. É por isso que eu quis enfrentar Anderson Silva quando mais ninguém queria. Eu quero os maiores desafios. Quero vencer os lutadores que as pessoas acham que eu não consigo. E Jon, definitivamente, é um desses caras”, explicou.

Antes de pensar em Jones, Weidman, no entanto, já possui outro desafio. Ele enfrentará Luke Rockhold no UFC 194, no dia 12 de dezembro, em Las Vegas (EUA). Já Jones, que ainda possui pendências com a justiça pelo episódio com o acidente, ainda não tem previsão para voltar ao octógono do Ultimate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments