‘Vou vencer quem precisar para disputar o cinturão’, diz Dodson

Lutador, novamente derrotado em disputa pelo título, diz que nascimento de sua filha a poucos dias da luta não foi uma distração

Dodson (foto) voltou a ser derrotado por Johnson. Foto: Divulgação/UFC

Dodson (foto) voltou a ser derrotado por Johnson. Foto: Divulgação/UFC

Veja Também

Johnson bate Dodson, defende título e iguala recorde de Aldo
‘Queria finalizar a luta, mas não consegui’, lamenta Johnson
Vitória de Lineker sobre Rivera é eleita ‘Luta da Noite’ do UFC 191

John Dodson teve uma semana bastante agitada antes de disputar o cinturão dos moscas do UFC. A esposa do lutador deu à luz a uma filha do casal poucos dias antes do combate, o que fez com que Dodson deixasse seus treinamentos para acompanhar o parto. Mesmo assim, ele afirma que nada disso foi uma distração para o combate pelo cinturão com Demetrious Johnson, tendo ficado satisfeito com o desfecho dos acontecimentos.

“Não reclamo de nada do que aconteceu nesta semana. Tive um bebê, minha mãe fez aniversário, mas não foram distrações. Foi uma ótima semana. Até mesmo hoje está sendo uma noite legal – eu não conquistei o título, mas está sendo incrível. Vou voltar mais forte da próxima vez e vencer quem tiver que vencer para ter nova chance de disputar o cinturão”, disse Dodson, em entrevista coletiva logo após o combate.

Dodson e Johnson já haviam se enfrentado em 2013, sendo que, na ocasião, a luta foi mais parelha em favor do campeão. O desafiante, novamente derrotado, explica o que houve de diferente. “A primeira vez que nós lutamos nós não sabíamos das forças um do outro, mas desta vez entrei lá mais cauteloso. E ele se preocupou em forçar o ritmo e fez um bom trabalho. Não posso falar mal dele porque ele ainda é o campeão” explicou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments