Ronda é a mais testada em início de novo programa antidoping do UFC

Atual campeã do peso galo feminino foi testada cinco vezes entre julho e setembro pela parceria do UFC com a USADA

Ronda (foto) vem de cinco defesas de cinturão consecutivas. Foto: Josh Hedges/UFC

Ronda (foto) vem de cinco defesas de cinturão consecutivas. Foto: Josh Hedges/UFC,

A Agência Antidoping dos Estados Unidos, a USADA, divulgou a lista dos atletas que passaram por exames nesta primeira fase da parceria entre a entidade e o UFC.

Veja Também

Diaz recebe cinco anos de suspensão por doping em luta contra Anderson
Belfort acusa Weidman de doping: ‘Há algo errado com ele’
Site revela que Belfort fez luta no UFC em 2012 mesmo após apresentar exame irregular

Em junho, o Ultimate anunciou que começaria a trabalhar em conjunto com a USADA, que realizaria testes antidoping de forma aleatória em todos os atletas do plantel da organização. E, entre junho e setembro, Ronda Rousey foi a atleta mais testada, com cinco vezes.

A campeã do peso galo feminino do UFC defendeu seu título neste período, contra Bethe Correia. A brasileira foi testada quatro vezes, o mesmo número de Thiago Pitbull e Antônio Pezão – este último, que também lutou no UFC 190.

Entre os demais brasileiros de destaque, José Aldo, campeão dos penas, passou por dois exames; Cris Cyborg, lutadora do Invicta FC e que almeja uma transferência para o UFC no futuro, também realizou um par de testes. Vitor Belfort, por sua vez, foi testado uma vez.

Em relatório divulgado nesta quinta-feira (1º), a USADA afirmou que deu bastante atenção ao trabalho de educação aos atletas. “Buscamos assegurar que os atletas recebam as informações necessárias para entender seus direitos e responsabilidades sob o novo programa antidoping. Educação é um pilar extremamente importante para um programa antidoping eficiente e é a primeira linha de defesa na proteção dos direitos dos atletas limpos”, explicou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments