Cantora Cher entra para o ‘Time Nick Diaz’ e pede fãs que ajudem o lutador

Com quase 50 anos de carreira, "Deusa do Pop", que também fez carreira no cinema, divulgou link para petição em favor de Diaz nas redes sociais

Cher (foto) se juntou à vasta lista de apoiadores de N. Diaz. Foto: Divulgação

Cher (foto) se juntou à vasta lista de apoiadores de N. Diaz. Foto: Divulgação

Veja Também

‘Queridinho de Dana White’ dá salto mortal espetacular após estreia com vitória
UFC divulga versão completa de trailer cinematográfico de Ronda x Holm
Diretor nega que UFC tenha escondido doping de Belfort em 2012

Se fizéssemos uma lista de “Fãs mais improváveis do MMA”, a cantora Cher, conhecida como “Deusa do Pop” e vencedora do Oscar de melhor atriz em 1988, certamente estaria disputando o cinturão. Pois não é que a intérprete de canções como “Believe” e “Strong Enough” não só é uma aficionada pelas artes marciais mistas como está apoiando a campanha em prol do polêmico Nick Diaz, suspenso após ser flagrado pela terceira vez pelo uso de maconha.

“Suspendam o banimento da Comissão Atlética de Nevada ao lutador de MMA Nick Diaz”, escreveu a cantora, em seu perfil oficial no Twitter, juntamente com o link para uma petição online que pede que a punição de cinco anos de suspensão aplicada ao ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios seja revista.

Diversos atletas já demonstraram apoio a Nick Diaz. Os lutadores do UFC Aljamain Sterling, Leslie Smith e Henry Cejudo já anunciaram que não irão lutar em Las Vegas enquanto a punição não for revertida. Já a maior estrela do UFC, Ronda Rousey, disse que a maconha não deveria ser motivo para suspensão e criticou até a branda suspensão de Anderson Silva, que foi condenado a 12 meses de gancho. Outro atleta importante a declarar sua solidariedade a Diaz foi o bilionário ex-pugilista Floyd Maywaether Jr.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments