Ex-UFC briga com policiais, é contido com arma de choque e acaba preso

Polêmico Jason Miller tentou atacar os oficiais com diversos objetos, incluindo um azulejo, uma barra de ferro e até um extintor

J. Miller (foto) adicionou mais uma prisão à sua extensa lista. Foto: Divulgação

J. Miller (foto) adicionou mais uma prisão à sua extensa lista. Foto: Divulgação

Sem lutar desde 2012, o lutador Jason “Mayhem” Miller tem ganhando as manchetes nos últimos anos muito mais por seus escândalos policiais do que necessariamente por sua carreira dentro dos ringues. Desta vez, porém, Miller parece ter extrapolado todos os limites, chegou a agredir um oficial e precisou ser contido a força antes de acabar preso mais uma vez.

Veja Também

Jon Jones começa a cumprir pena e se diverte em trabalho social com crianças
Site de fofocas publica primeiro ‘flagra’ do casal Ronda e Browne
Justiça se nega a arquivar processo do UFC contra Wand

Segundo informações do Departamento de Polícia de Orange County, ao site norte-americano “TMZ Sports”, a polícia foi chamada à casa de Miller no sul da Califórnia para atender uma ocorrência de distúrbio, envolvendo o lutador e duas mulheres. Ao chegarem ao local, os policiais forem “recebidos com agressividade” por Miller, que tentou agredi-los com diversos objetos, entre eles: um azulejo, uma barra de ferro e até um extintor de incêndio.

Ainda de acordo com o relatório policial, após não responder às ordens de parada, Miller foi contido com a ajuda do taser (arma de choque), mas o lutador ainda resistiu incríveis 8 minutos antes de ser finalmente controlado. Preso e acusado de agressão com arma letal, Miller teve uma fiança estipulada em US$ 50 mil (R$ 192 mil, pela cotação atual).

Esta não é, nem de longe, a primeira vez que Miller foi preso, e os motivos são dos mais variados, incluindo roubo e agressão. Na verdade, esta não é sequer a primeira prisão de “Mayhem” em 2015. No último mês de março, o lutador acabou na cadeia após brigar contra quatro policiais em um restaurante.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments