Após vencer no WSOF, lutador amputado anuncia aposentadoria do MMA

Nick Newell surpreendeu ao pendurar as luvas logo após seu triunfo sobre Tom Marcellino no último sábado (17)

N. Newell (foto) se aposentou com somente uma derrota profissional. Foto: Divulgação

N. Newell (foto) se aposentou com somente uma derrota profissional. Foto: Divulgação

Nos últimos anos, o peso leve norte-americano Nick Newell, um amputado congênito, que não possui parte do braço esquerdo desde seu nascimento, se tornou uma das maiores sensações do MMA mundial ao construir uma carreira vitoriosa no esporte, disputar o cinturão do World Series of Fighting e sagrar-se campeão do XFC. Porém, seis anos após sua estreia profissional, Newell anunciou sua aposentadoria.

Veja Também

Vídeo: Melhores momentos da luta entre Vinny Pezão x Matt Hamill
Vídeo: Jon Fitch vence Okami e ganha chance pelo cinturão do WSOF
Sage Northcutt volta ao UFC no mesmo card de Paige VanZant
UFC deve demitir 50 lutadores até a próxima terça-feira, diz site

Surpreendentemente, o fim da carreira de Newell foi anunciado por ele logo após sua 13ª vitória no MMA, obtida em decisão unânime dos juízes sobre Tom Marcellino no WSOF 24, no último sábado (17). O lutador explicou sua decisão em um longo e emocionante depoimento.

Vocês sabem, eu só tenho 29 anos, mas eu quero ter um futuro, quero poder ter um corpo legal quando eu envelhecer. Um dia, eu gostaria de ter filhos e poder brincar com eles. Eu sei que isso é algo extremo, mas eu não cheguei onde estou hoje só sendo natural. Desculpem-me, isso é bastante emotivo para mim. Eu cheguei aqui trabalhando duro, e isso cobra um preço no seu corpo. Estes últimos treinos têm sido realmente difíceis pra mim, e duros para meu corpo. É que… Simplesmente é minha hora.

Eu não quero ser mais um cara que luta por… por um cheque. Eu quero ser um cara que luta porque ama isso. Eu não quero me enganar com minhas melhores performances e não sentir que sou o lutador que poderia ser, porque meu corpo já não reage da forma que fazia antes. Eu só não tenho mais isso em mim, então essa é minha última luta, uma luta em casa que venci. Não foi a coisa mais bonita do mundo, mas eu realmente nem treinei muito para essa luta. Era lesão após lesão. Eu tive muito azar, e, bem… já é hora.

Eu fiz isso nas minhas últimas três lutas, com lesões durante todo o camp. Eu cheguei 20 libras acima do peso no dia anterior à pesagem e tive que perder tudo porque eu não conseguia treinar. É muito duro com o meu corpo. Eu quero ter uma vida boa quando envelhecer e não posso ficar lutando mais.

Obrigado a todos que me apoiaram. Eu não quero dar a vocês um Nick Newell de segunda linha. Eu quero ser o melhor Nick Newell que há e os dias dele acabaram. É hora de seguir em frente, fazer algo novo e compartilhar meu conhecimento com outras pessoas”

Nick Newell encerrou sua carreira no MMA profissional com um cartel de 13 vitórias e uma derrota. O único revés profissional do “Notório”, como é conhecido, foi na disputa do cinturão peso leve do WSOF contra Justin Gaethje.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments