‘GSP não voltará para disputar o cinturão’, garante MacDonald

Pupilo do ex-campeão disse que os planos do canadense incluem a realização de super lutas no UFC

St. Pierre (foto) está afastado do MMA por tempo indeterminado. Foto: Josh Hedges/UFC

St. Pierre (foto) está afastado do MMA por tempo indeterminado. Foto: Josh Hedges/UFC

Considerado por muitos como um dos maiores nomes da história do MMA, o canadense Georges St. Pierre está afastado do esporte por tempo indeterminado desde o fim de 2013, e sempre é alvo de diversas especulações sobre seu eventual retorno ao octógono. Segundo seu companheiro de treino e principal pupilo Rory MacDonald, no entanto, GSP não voltaria ao UFC para retomar o cinturão dos meio-médios por mais de meia década, mas para fazer algumas superlutas.

Veja Também

‘Nunca vi Jones tão focado como agora’, diz empresário
Peso pesado detona Belfort e Anderson Silva: ‘Destruíram seu legado’
Jornalista diz que Belfort cancelou entrevista para evitar perguntas sobre doping

“Segundo o que nós conversamos, ele não vai voltar a lutar pelo cinturão. Ele vai voltar por aquela luta ímpar que lhe possa interessar. Isso se GSP voltar… Eu não sei se ele vai fazer isso, mas o que eu sei é que, se ele fizer, será porque está mais interessado em super lutas”, disse o canadense, durante sessão de perguntas e respostas com os fãs no UFC Dublin, no último fim de semana.

Aos 34 anos, Georges St. Pierre tem um cartel profissional de 25 vitórias e duas derrotas. “Rush”, como é conhecido, foi duas vezes campeão dos meio-médios do UFC e protagonizou uma das maiores zebras da organização na história ao ser derrotado por Matt Serra, que voltava ao evento por meio do TUF 4 após ser demitido, em 2007. GPS, no entanto, deu a volta por cima, retomou o título e manteve o cinturão até o fim de 2013, quando se afastou do MMA.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments