UFC 193: Ronda Rousey lidera evento que promete marcar história

Campeã galo feminina é a principal atração do show que pretende quebrar recorde de público do UFC

Ronda (esq.) e Holm (dir.) fazem a luta principal do UFC 193. Foto: Michael Dodge/UFC

Ronda (esq.) e Holm (dir.) fazem a luta principal do UFC 193. Foto: Michael Dodge/UFC

O UFC 193 promete marcar história por motivos diferentes. O penúltimo evento em pay-per-view do ano terá em jogo dois cinturões, além da possibilidade de uma nova marca impressionante para a organização em seus mais de 20 anos de história.

AO VIVO: Acompanhe o UFC 193 com Ronda x Holm em TEMPO REAL

Veja Também

Ronda Rousey e Holly Holm quase partem para briga em pesagem oficial do UFC 193
Ronda garante bilheteria de R$ 22 milhões para o UFC 193
Vídeo: UFC 193 traz domínio feminino inédito; Veja as curiosidades do show

A expectativa do UFC é que seja quebrado o recorde de público, com possibilidade de mais de 70 mil pessoas presentes no Etihad Stadium, em Melbourne, na Austrália. Para isso, a organização apostou em sua principal estrela na atualidade, Ronda Rousey, que defenderá mais uma vez seu título na luta mais importante da noite a ex-campeã mundial de boxe Holly Holm.

Por se tratar de duas atletas com características distintas, a grande questão é qual delas conseguirá impor seu jogo. Apesar de evoluir a olhos vistos em pé, Ronda tem suas principais armas no chão, onde já finalizou nove de suas 12 adversárias. Já Holm tentará manter a luta na trocação, área em que teoricamente pode levar mais vantagem.

Justamente por isso o combate principal do UFC 193 intriga os fãs de MMA. Ronda deixará a luta em pé para testar sua trocação diante de uma rival com histórico vencedor na área? Ou a campeã buscará o caminho mais fácil e irá levar a luta ao solo assim que possível? E Holm, irá tirar proveito dos treinamentos feitos com Jon Jones, ex-campeão dos meio-pesados? As respostas serão vistas na tarde de domingo (15) na Austrália, noite de sábado no Brasil.

Outra campeã quer mostrar serviço

Joanna (foto) fará a luta co-principal do UFC 193. Foto: Josh Hedges/UFC

Joanna (foto) fará a luta co-principal do UFC 193. Foto: Josh Hedges/UFC

Pela primeira vez na história do UFC um evento será encabeçado por dois combates femininos. Além de Ronda x Holm, a atração também contará com a disputa pelo cinturão peso palha, entre a campeã, Joanna Jedrzejczyk, e a desafiante, Valérie Létourneau.

A polonesa espera aproveitar a oportunidade para mandar de vez uma mensagem clara para os fãs. Em uma “vitrine” para lá de favorável, em um estádio lotado e a expectativa de grande audiência nos Estados Unidos, Joanna espera atrair os holofotes e se firmar como uma das grandes estrelas do momento.

Para isso, a campeã precisará confirmar na prática seu amplo favoritismo. Sua adversária será Valérie Létourneau, que somente foi escalada para o combate porque a desafiante original, a brasileira Cláudia Gadelha, estava lesionada.

O único brasileiro da atração estará em ação no antepenúltimo combate do UFC 193. Antônio Pezão e Mark Hunt farão revanche de um combate que entrou para a história em novembro de 2013. Para ambos, o objetivo vai além da vitória: os veteranos esperam mostrar que ainda possuem totais condições de competir em alto nível na elite dos pesados.

Confira abaixo a ficha técnica do UFC 193:

DATA E HORÁRIO: 14/11/2015, a partir das 21h (horário de Brasília)

LOCAL: Etihad Stadium, Melbourne, Austrália

TRANSMISSÃO: Canal Combate

CARD PRINCIPAL

Galos: Ronda Rousey (60,7 kg) x Holly Holm (60,7 kg)
Palhas: Joanna Jedrzejczyk (51,7 kg) x Valérie Létourneau (52,1 kg)
Pesados: Mark Hunt (120,2 kg) x Antônio Pezão (119,2 kg)
Médios: Robert Whittaker (83,9 kg) x Uriah Hall (83,9 kg)
Pesados: Stefan Struve (120,2 kg) x Jared Rosholt (108,4 kg)

CARD PRELIMINAR

Leves: Jake Matthews (70,3 kg) x Akbarh Arreola (70,3 kg)
Meio-médios: Kyle Noke (76,6 kg) x Peter Sobotta (76,6 kg)
Meio-pesados: Anthony Perosh (93 kg) x Gian Villante (93 kg)
Moscas: Richie Vaculik (56,7 kg) x Danny Martinez (56,7 kg)
Médios: Dan Kelly (83,9 kg) x Steve Montgomery (83,9 kg)
Meio-médios: Richard Walsh (77,1 kg) x Steve Kennedy (76,6 kg)
Meio-médios: James Moontasri (77,1 kg) x Anton Zafir (77,1 kg)
Moscas: Ben Nguyen (57,1 kg) x Ryan Benoit (56,7 kg)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments