Ronda garante bilheteria de R$ 22 milhões para o UFC 193

Marca, no entanto, ainda fica longe do recorde de arrecadação da organização, alcançado em 2011

Ronda é o centro das atenções no UFC 193. Foto: Brandon Magnus/UFC

Ronda é o centro das atenções no UFC 193. Foto: Josh Hedges/UFC

A campeã Ronda Rousey é a principal atração do UFC 193, na Austrália, e, após bater seu recorde pessoal de vendas de pay-per-view na luta contra Bethe Pitbull no Rio, a loira atingiu outra marca histórica, impulsionando as vendas de ingressos do evento a uma bilheteria astronômica de US$ 6 milhões (R$ 22,7 milhões, pela cotação atual).

Veja Também

Vídeo: Assista à pesagem oficial do UFC 193, com Ronda Rousey. Ao vivo!
Lendário técnico de boxe aposta: ‘Ronda vai destruir Holm’
Vídeo: Ronda detona no ‘Street Fighter’ na internet

A informação foi divulgada pelo presidente Dana White, em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”. Segundo o dirigente, a bilheteria do UFC 193 deve ficar na casa de 8,5 milhões de dólares australianos. Porém, apesar dos números, Dana também revelou que restam ingressos para o Etihad Stadium, principalmente para os setores a preços mais populares.

Apesar dos números expressivos, entretanto, a bilheteria do UFC 193 ainda sequer se aproxima do recorde histórico da organização. A marca pertence ao UFC 129, realizado em 2011 no Canadá, e que com um público de 55 mil torcedores atingiu uma arrecadação de US$ 12 milhões (R$ 45,5 milhões).

O UFC 193 terá como luta principal a disputa do cinturão peso galo entre a campeã Ronda Rousey e a invicta desafiante Holly Holm. No evento co-principal da noite, a campeã peso palha Joanna Jedrzejczyk enfrentará a canadense Valerie Letourneau.

Assista abaixo um especial com 5 curiosidades sobre o UFC 193:

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments