UFC 193 pode ter sido o segundo PPV mais vendido da história

Segundo dono do Ultimate, Lorenzo Fertitta, evento encabeçado por Holm x Rousey já quebrou a marca de 1 milhão de pacotes vendidos

Luta entre Ronda (esq.) e Holm (dir.) ainda terá número de vendas atualizado. Foto: Josh Hedges/UFC

Luta entre Ronda (esq.) e Holm (dir.) ainda terá número de vendas atualizado. Foto: Josh Hedges/UFC

O UFC 193 já entrou para a história do Ultimate como o evento com o maior público já registrado em uma noite de lutas da organização, além de ter sido palco da histórica primeira derrota da carreira de Ronda Rousey – nocauteada pela nova campeã peso galo feminina Holly Holm. Agora, no entanto, o card pode cravar seu nome nos livros de recordes novamente também em outro quesito: vendas de pacotes de pay-per-view.

Veja Também

‘Ronda vai voltar como a maior de todas’, garante treinador
Vídeo reúne outros chutes arrasadores de Holm
‘Ronda foi criada pela mídia’, dispara Sonnen

Os números ainda são preliminares, mas o dono do UFC Lorenzo Fertitta disse que a noite de lutas realizada na Austrália já assegurou o terceiro posto e, com a atualização dos dados, pode chegar ao segundo lugar. “Atualmente, o UFC 193 está em terceiro e está caminhando para ficar atrás apenas do UFC 100. A luta entre Ronda Rousey e Holly Holm vendeu mais de um milhão de pay-per-views”, disse o dirigente, ao site norte-americano “Yahoo”.

Até hoje, o recorde de PPV comercializados em um único evento é do histórico UFC 100, que teve no mesmo card Brock Lesnar e Georges St. Pierre. O card, realizado em 2011, vendeu nada menos do que 1,6 milhão de pacotes. A última vez que um evento do Ultimate quebrou a marca de 1 milhão de pay-per-view comercializados foi em dezembro de 2013, quando a revanche entre Anderson Silva e Chris Weidman venceu 1,025 milhão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments