A um mês de retorno aos ringues, Fedor segue sem adversário no ‘Novo PRIDE’

Judoca japonês Tsuyoshi Kosak, único adversário a vencer o "Último Imperador" no PRIDE, foi cortado da lista de possíveis rivais

Fedor (foto) voltará aos ringues na virada do ano. Foto: Divulgação/Strikeforce

Fedor (foto) voltará aos ringues na virada do ano. Foto: Divulgação/Strikeforce

Veja Também

Vídeo: Assista à primeira edição do GIRO SUPER LUTAS
McGregor aconselha Ronda: ‘A derrota é o ingrediente secreto do sucesso’
Ex-UFC, Thiago Silva sofre nocaute nos Estados Unidos; assista

O retorno ao MMA de Fedor Emelianenko, considerado o maior peso pesado de todos os tempos, causou grande comoção e expectativa entre os fãs. Porém, muito tempo depois do anúncio de que Fedor voltaria no “Rizin FF”, conhecido como “Novo PRIDE”, o russo segue sem adversário para o evento do réveillon no Japão.

Após ser especulado contra o brasileiro Carlos Toyota e o indiano Jaideep Singh, ambos descartado pela organização do evento de Nobuyuki Sakakibara, foi a vez de outro possível adversário de Fedor ser cortado da lista: Tsuyoshi Kosaka, judoca de 45 anos e único adversário a vencer Fedor no PRIDE, e que enfrentará James Thompson no Rizin.

Aos 38 anos, Fedor Emelianenko tem um cartel profissional de 34 vitórias, quatro derrotas e uma luta sem resultado. Campeão dos pesos pesados do PRIDE de 2003 até o fim do evento, em 2007, Fedor manteve uma das mais longas sequências invictas da história, após ficar sem ser derrotado entre 2000 e 2010. A invencibilidade do “Último Imperador” chegou ao fim com a surpreendente finalização sofrida ainda no primeiro assalto para o brasileiro Fabrício Werdum no Strikeforce, até hoje uma das maiores zebras da história do MMA.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments