Mesmo aposentado, Cro Cop leva suspensão de dois anos por doping

Peso pesado foi flagrado pelo uso de GH (hormônio do crescimento) em exame surpresa

M. Filipovic (foto) poderia voltar ao MMA somente com 43 anos. Foto: Josh Hedges/UFC

M. Filipovic (foto) poderia voltar ao MMA somente com 43 anos. Foto: Josh Hedges/UFC

O fato de ter anunciado sua aposentadoria poucos dias antes do anúncio de que foi o primeiro atleta a ser flagrado no novo programa antidoping do UFC não poupou o lendário Mirko Cro Cop de uma severa punição. A USADA (Agência antidoping norte-americana) divulgou um comunicado no qual anunciou uma suspensão de dois anos para o croata.

Veja Também

Jon Jones: ‘Belfort usou esteroides quando lutei contra ele e o UFC sabia’
McGregor sugere que Aldo vá fugir da luta: ‘Eu estarei lá, ele eu não sei’
Hendricks fica nos meio-médios e contrata nutricionista

Cro Cop foi flagrado em exame antidoping surpresa realizado antes do UFC Fight Night 79, evento no qual lutaria e acabou desistindo. O teste do peso pesado apontou traços de GH (hormônio do crescimento) em seu organismo. O lutador assumiu ter feito uso da substância, mas alegou que as doses foram ministradas com o intuito de ajudar na recuperação de uma lesão crônica em seu ombro.

Um dos maiores nomes da história da categoria de pesos pesados do MMA e do K1, Mirko “Cro Cop” Filipovic tem um cartel de 31 vitórias e 11 derrotas. Em sua última luta, Cro Cop nocauteou o brasileiro Gabriel Napão na luta principal do UFC Polônia. Caso resolva repensar sua aposentadoria e voltar a lutar após o fim da suspensão, o croata já estará com mais de 43 anos na ocasião.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments