Presidente abre as portas do Bellator para Ben Henderson: 'Adoraríamos tê-lo aqui' | SUPER LUTAS

Presidente abre as portas do Bellator para Ben Henderson: ‘Adoraríamos tê-lo aqui’

Scott Coker, no entanto, disse que vai verificar a situação contratual do ex-campeão dos leves para confirmar se ele está mesmo

Henderson (foto) está em alta no mercado do MMA. Foto: Josh Hedges/UFC

Henderson (foto) está em alta no mercado do MMA. Foto: Josh Hedges/UFC

Desde que venceu Jorge Masvidal na luta principal do UFC Fight Night Coréia, no último sábado (30), o ex-campeão dos leves Ben Henderson está oficialmente sem contrato com o Ultimate e, por isso, livre para negociar com outras organizações – opção que o lutador já disse que vai adotar nas próximas semanas. Após receber uma oferta de mais de R$ 700 mil da Ásia, Bendo agora recebeu o aval do presidente do Bellaor, maior rival do UFC na atualidade, caso opte por assinar com o evento.

Veja Também

“Acho que meus rapazes foram apenas ver se ele realmente está livre para assinar, porque as vezes eles têm um período exclusivo de negociação. Então nós vamos esperar e ver qual a situação do contrato. Se ele estiver livre, vamos começar a conversa. Nós adoraríamos ter um lutador como o (Benson) Henderson no elenco, mas vamos fazer isso da maneira certa e confirmar se ele está disponível para daí ter a conversa”, disse Scott Coker, CEO da organização, em entrevista ao site norte-americano “Bloody Elbow”.

Aos 32 anos, Ben Henderson tem um cartel profissional de 23 vitórias e cinco derrotas. Ex-campeão dos pesos leves do WEC e UFC, Bendo ultimamente vem competindo como peso meio-médio, categoria na qual fez suas duas últimas lutas, vitórias sobre Brandon Thatch e Jorge Masvidal.

Caso opte por assinar com o Bellator, Henderson se juntará a diversos ex-companheiros de UFC, entre eles: Tito Ortiz, Royce Gracie, Ken Shamrock, Josh Koscheck, Josh Thomson, Phil Davis, entre outros.

 

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments