Brasileiro recordista no UFC é suspenso por doping

Gleison Tibau, que já fez 26 aparições no octógono, teria cometido alguma irregularidade em um teste surpresa

Tibau (foto) luta no UFC desde 2006. Foto: Josh Hedges/UFC

Tibau (foto) luta no UFC desde 2006. Foto: Josh Hedges/UFC

O peso leve Gleison Tibau foi suspenso pelo UFC nesta sexta-feira (4) devido a uma irregularidade em um exame antidoping surpresa realizado pela Agência Antidoping dos Estados Unidos, a USADA.

Veja Também

Jones considera processar comissão por caso de doping envolvendo cocaína
White nega acusação de Jones sobre doping de Belfort e cutuca ex-campeão
‘Último adversário de Rocky Balboa’ cai no doping

O potiguar, atleta brasileiro com mais lutas (26) e vitórias (17) no UFC e recordista de triunfos na divisão até 70 kg, caiu em um teste realizado fora do período de competição. O Ultimate ainda não deu detalhes sobre o ocorrido, mas garantiu que Tibau seguirá suspenso por tempo indeterminado.

“A Agência Antidoping dos Estados Unidos notificou Gleison Tibau e o UFC que ele foi provisoriamente suspenso devido a uma potencial violação à política antidoping em um teste realizado fora de competição. A USADA, administradora independente de exames antidoping do UFC, irá lidar com os resultados de maneira apropriada. Informações adicionais serão fornecidas no momento apropriado do processo”, diz o UFC, em comunicado.

Tibau vem de recente vitória sobre Abel Trujillo no UFC São Paulo, no dia 7 de novembro. Caso o teste seja de fato positivo e tenha sido realizado antes do combate, é provável que o brasileiro veja o resultado se transformar em um no-contest.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments