TUF 22 Finale: Edson Barboza é finalizado e Gabriel Napão faz as pazes com a vitória

Os dois brasileiros na final do reality show do UFC tiveram resultados diferentes. Barboza foi finalizado, enquanto Napão fez as pazes com a vitória

T. Ferguson (esq.) derrotou o brasileiro E. Barboza no TUF 22 Finale

T. Ferguson (esq.) derrotou o brasileiro E. Barboza no TUF 22 Finale

O Brasil encerrou o TUF 22 Finale, evento que vai coroar o novo vencedor do reality show do UFC, com uma vitória e uma derrota. Na madrugada deste sábado (12), em Las Vegas, Edson Barboza fez uma luta intensa, mas acabou finalizado pelo norte-americano Tony Ferguson. Por outro lado, o peso pesado Gabriel Napão escapou de uma série de resultados ruins e derrotou Konstantin Erokhin na decisão dos juízes.

Edson Barboza x Tony Ferguson

Veja Também

Frankie Edgar atropela Chad Mendes e pede chance por cinturão de José Aldo
Aldo imita McGregor e pesagem do UFC 194 quase termina em briga
Assista ao nocaute do ‘Argentino Gente Boa’ Santiago Ponzinibbio no UFC FN 80
Vídeo: Aldo e McGregor acertam as contas no UFC 194

Edson Barboza foi valente, mas após um duelo eletrizante no primeiro round, acabou finalizado pelo norte-americano Tony Ferguson no segundo assalto da luta.

O atleta de Nova Friburgo, que aceitou a luta com pouco mais de um mês de antecedência,  começou melhor na primeira parcial. Com uma movimentação impressionante, o brasileiro mostrou toda sua versatilidade na luta em pé. Edson golpeou com velocidade e respondeu as investidas do rival com contundência.

Sem se encontrar na luta em pé, Ferguson tentou derrubar o brasileiro, com uma bela entrada com rolamento. Mas Barboza se defendeu bem e evitou ficar por baixo.  Ao tentar manter o duelo no chão, o norte-americano acertou um chute no rosto de Edson, o que é proibido e teve um ponto descontado.

Barboza teve alguns minutos para se recuperar do golpe ilegal e quando ele voltou, o combate continuou intenso. Ferguson aceitou a luta em pé e acertou bons socos, porém o brasileiro era mais contundente com seus chutes

O segundo assalto seguiu como a etapa inicial. Edson acertou dois bons golpes de encontro que balançaram o rival. Porém, um direto aplicado por Tony mudou o rumo da disputa. O soco abriu um profundo corte no supercílio do brasileiro. O lutador fluminense parece ter ficado incomodado com o sangue no rosto e tentou derrubar o rival, mas sem sucesso.

De volta ao centro do octógono, Ferguson  conseguiu derrubar o brasileiro, que perdeu o equilíbrio durante a troca de golpes. O norte-americano aproveitou a oportunidade, dominou o pescoço do brasileiro e encaixou o estrangulamento.

O resultado freou a ascendência de Edson Barboza na categoria de leves. Atual sexto colocado no ranking da divisão, o brasileiro sonhava em disputar o cinturão em caso de vitória. Por outro lado, Tony Ferguson cresce ainda mais na divisão ao placar sua sétima vitória em série.

Napão vence em luta norma

Gabriel Napao_TUF22Se a luta entre Edson BarbozaTony Ferguson foi intensa, o mesmo não pode-se dizer o duelo entre Gabriel Napão e Konstantin Erokhin. O combate entre os pesos pesados foi bastante estudado e com pouca ação efetiva dos atletas. O brasileiro, conhecido por encerrar suas lutas de forma rápida, preferiu não se arriscar e com uma atuação cautelosa encerrou uma série de três perdas na organização.

Assim que a disputa começou Napão e Erokhin foram para o centro do octógono, mas nenhum deles tomou a iniciativa. Os atletas circulavam pela área de lutas até que Gabriel, enfim, acertou alguns socos e tentou uma queda, mas sem sucesso. O russo tentou responder com ataques de mão, mas sem contundência.

Nos segundos finais do primeiro assalto, Napão enfim conseguiu derrubar o rival e somou pontos importantes.

O segundo round, continuou frio e sem grandes emoções para o público que já vaiava a peleja.

No terceiro e último assalto, Napão enfim, abriu seu jogo. O brasileiro derrubou o rival e mostrou sua qualidade na luta de solo. Em busca da finalização, Gabriel esbarrava no russo tentando se proteger de todas as formas.

Apesar de não conseguir finalizar o rival, Gabriel Napão conquistou a 18ª vitória em sua carreira na decisão unânime dos juízes (30×27,30×28, 30×27).

Resultados do TUF 22 Finale

CARD PRINCIPAL

CARD PRINCIPAL

Frankie Edgar derrotou Chad Mendes por nocaute no R1

Ryan Hall derrotou Artem Lobov na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-27)

Tony Ferguson finalizou Edson Barboza com um estrangulamento a 2:52s do R2;

Evan Dunham derrotou Joe Lauzon na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

Tatsuya Kawajiri derrotou Jason Knight na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Julian Erosa derrotou Marcin Wrzosek na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Gabriel Napão derrotou Konstantin Erokhin na decisão unânime dos juízes (30-28, 30-28, 20-27)

Ryan LaFlare derrotou Mike Pierce na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-28)

Geane Herrera derrotou Joby Sanchez por nocaute técnico a 2m48s do R2;

Chris Gruetzemacher derrotou Abner Lloveras na decisão unânime dos juízes (29×28, 29×28, 29×28)

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments