Frankie Edgar atropela Chad Mendes e pede chance por cinturão de José Aldo

Ex-campeão dos leves nocauteou o ex-desafiante da divisão de penas com um nocaute brutal no primeiro round e deve disputar o cinturão contra Aldo ou McGregor

F. Edgar (foto) quer enfrentar McGregor antes de Aldo. Foto: Divulgação

F. Edgar (foto) será o próximo desafiante ao cinturão dos penas. Foto: Divulgação

O brasileiro José Aldo enfrenta o irlandês Conor McGregor na luta principal do UFC 194, neste sábado (12), mas em caso de vitória ele já sabe quem será o próximo desafiante por seu cinturão: o norte-americano Frankie Edgar. O ex-campeão dos leves não tomou conhecimento de Chad Mendes e nocauteou o rival de maneira impiedosa no TUF 22 Finale, evento aconteceu na madrugada deste sábado (12), em Las Vegas (assista o vídeo do nocaute abaixo).

Além de Edgar, o show coroou Ryan Hall. O norte-americano surpreendeu o russo radicado na Irlanda Artem Lobov e conquistou a 22ª edição do TUF, o reality show do UFC que oferece ao campeão um contrato de seis dígitos com a organização.

Veja Também

TUF 22 Finale: Edson Barboza é finalizado e Gabriel Napão faz as pazes com a vitória
Aldo imita McGregor e pesagem do UFC 194 quase termina em briga
Vídeo: Aldo e McGregor acertam as contas no UFC 194

Edgar vence e pede chance por cinturão

Frankie Edgar e Chad Mendes são conhecidos pela velocidade na movimentação e capacidade de assimilar golpes. E foi exatamente isso que se viu durante pouco mais de dois minutos de duelo.

Assim que o gongo soou o ritmo da luta foi intenso. Com muita velocidade, os lutadores entraram e saiam do raio de ação. Com mais potência nos ataques, Edgar já mostrava que era mais perigoso na luta em pé. Mas o primeiro grande momento da luta foi um chute alto aplicado por Mendes, que explodiu em cheio no rosto de Frankie.

Apesar do susto, Edgar continuou andando para a frente e em busca da luta. Na sequência, com uma combinação de socos, ele acertou a esquerda em Chad Mendes que foi ao chão. O ex-campeão dos leves foi rápido no gatilho e com mais alguns golpes forçou a interrupção do árbitro aos 2m28s do primeiro round.

“Eu finalizei as minhas três últimas lutas. Estou pronto para aquela chance ao título, vamos lá, vocês têm que me dar essa chance. Todo mundo ficou falando que ele tinha poder de nocaute e que eu era um cara de golpes no corpo. Eu acho que provei hoje que mereço”, disse Edgar.

Com a vitória, Frankie Edgar tem um histórico profissional de 21ª vitória como profssional. Ele também tem quatro derrotas e um empate

Vídeo: Frankie Edgar nocauteia Chad Mendes

Hall bate pupilo de McGregor e leva o TUF 22

O The Ultimate Fighter (TUF), o reality show do UFC, tem um novo campeão. O norte-americano Ryan Hall, que havia sido eliminado na semifinal, voltou para a disputa devido a um problema com o finalista Saul Rogers, e bateu Artem Lobov, parceiro de treinos do irlandês Conor McGregor com uma atuação dominante.

Especialista na luta de solo, Hall não deu espaço para Lobov soltar sua trocação e desde o primeiro minuto de luta trabalhou colocado no rival, em busca da queda ou tentando evoluir no clinch. Perdido, o russo radicalizado na Irlanda nem de longe pareceu o lutador que nocauteou três rivais dentro da casa do TUF.

Ao final de três rounds, vitória de Ryan Hall  na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-27).

Resultados do TUF 22 Finale

CARD PRINCIPAL

Frankie Edgar derrotou Chad Mendes por nocaute a 2m28s do R1;

Ryan Hall derrotou Artem Lobov na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-27)

Tony Ferguson finalizou Edson Barboza com um estrangulamento a 2:52s do R2;

Evan Dunham derrotou Joe Lauzon na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

Tatsuya Kawajiri derrotou Jason Knight na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Julian Erosa derrotou Marcin Wrzosek na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Gabriel Napão derrotou Konstantin Erokhin na decisão unânime dos juízes (30-28, 30-28, 20-27)

Ryan LaFlare derrotou Mike Pierce na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-28)

Geane Herrera derrotou Joby Sanchez por nocaute técnico a 2m48s do R2;

Chris Gruetzemacher derrotou Abner Lloveras na decisão unânime dos juízes (29×28, 29×28, 29×28)

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments