‘Cigano não queria lutar comigo’, provoca Overeem

Holandês, que enfrentará brasileiro neste sábado (19), afirmou que precisou ‘pressionar’ o rival para que o combate acontecesse

Overeem (foto) enfrentará Cigano em Orlando. Foto: Josh Hedges/UFC

Overeem (foto) enfrentará Cigano em Orlando. Foto: Josh Hedges/UFC

Alistair Overeem passou boa parte do ano de 2015 alfinetando Júnior Cigano e pedindo por uma luta contra o brasileiro. Seu desejo foi atendido, e os tops do peso pesado se enfrentarão neste sábado (19), na luta co-principal do UFC on FOX 17. Contudo, Overeem acredita que, apesar do combate confirmado, este não era o desejo real de Cigano.

Veja Também

‘Vejo fraquezas em Werdum e sou o cara para expor isso’, confia Alistair Overeem
Após provocações, UFC anuncia luta de Cigano x Overeem para dezembro

Para o holandês, Cigano não estava disposto a enfrentá-lo – então, para convencer o rival, Overeem teve de fazer uma “pressãozinha”. “A verdade é que Júnior não queria lutar comigo. Eu tive que pressioná-lo um pouco para fazer essa luta acontecer – uma luta, aliás, que o mundo inteiro quer ver. O UFC quer, os fãs querem. Recebo mensagens de todos os cantos do mundo de pessoas que querem ver essa luta. Então, tive que pressionar Júnior um pouco”, disse Overeem, em entrevista ao site norte-americano “MMA Junkie”.

Apesar do desejo em enfrentar Cigano, Overeem reconhece as qualidades do brasileiro. “Não vamos nos enganar a respeito de Júnior. Ele mostrou um tremendo coração, é um tremendo atleta. Ele é um lutador perigoso, então, ele definitivamente tem seus momentos. Ele teve algumas lutas duras, mas definitivamente não é alguém para ser subestimado”, analisou.

O UFC on FOX 17 acontecerá na cidade de Orlando, nos Estados Unidos. A luta principal da noite será entre o também brasileiro Rafael dos Anjos e Donald Cerrone, que duelarão pelo cinturão dos leve da organização.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments