Campeã do TUF é presa após briga em bar nos EUA, diz site

Julianna Peña foi presa na cidade de Spokane e passou mais de 12 horas na cadeia até pagar uma fiança de quase R$ 8 mil

J. Peña (foto) venceu a 18ª temporada do TUF. Foto: Josh Hedges/UFC

J. Peña (foto) venceu a 18ª temporada do TUF. Foto: Josh Hedges/UFC

Infelizmente, os casos de lutadores de MMA envolvidos em polêmicas policiais não são tão raros e o nome da mais recente protagonista de um escândalos nos Estados Unidos surpreendeu. Segundo a imprensa norte-americana, a campeã do TUF 18 Julianna Peña foi presa na cidade de Spokane após se envolver em uma briga de bar.

Veja Também

Dos Anjos atropela Cerrone em um minuto e mantém cinturão dos leves no UFC Orlando
Assista à derrota de Cigano para Overeem no UFC Orlando
Vídeo: Assista ao nocaute de Rafael dos Anjos sobre Donald Cerrone

A informação foi divulgada pelo site “MMA Fighting”. De acordo com a publicação, a polícia de Spokane atendeu uma ocorrência de uma briga do lado de fora de um bar por volta das 2h do domingo (20). Duas pessoas, entre elas Peña, foram presas na ação. A lutadora só teria sido liberada quase 12 horas mais tarde, mediante o pagamento de uma fiança no valor de US$ 2 mil (R$ 7,9 mil, pela cotação atual).

Julianna Peña ainda não se manifestou oficialmente após o ocorrido. Também ao “MMA Fighting”, o UFC disse que está ciente do caso, mas que aguarda mais informações para se posicionar sobre o episódio. Nos próximos dias, Peña ainda deve ser julgada e pode ser multada em até US$ 5 mil (R$ 19,8 mil) e ser condenada a até um ano de prisão.

Aos 26 anos, Julianna Peña tem um cartel profissional de sete vitórias e duas derrotas. A “Raposa Venezuelana” vem de vitória sobre Jessica Eye, em outubro deste ano. Além do título do TUF 18, Julianna se notabilizou na edição ao fazer a treinadora Ronda Rousey chorar, após vencer a veterana Shayna Baszler na primeira rodada eliminatória do torneio.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments