Veterano peso pesado do PRIDE negocia com UFC e Bellator

Russo Sergei Kharitonov disse ainda que mantém conversa com o evento de kickboxing Glory

Kharitonov (foto) já venceu, entre outros, Werdum e Arlovski. Foto: Divulgação

Kharitonov (foto) já venceu, entre outros, Werdum e Arlovski. Foto: Divulgação

O russo Sergei Kharitonov foi um dos grandes nomes da categoria de pesos pesados do extinto PRIDE e hoje, aos 35 anos, pode estar de chegada a uma das duas maiores organizações de MMA da atualidade. Segundo o próprio Kharitonov, ele negocia no momento sua transferência para o UFC ou o Bellator.

Veja Também

Lutador mais pesado do UFC, Emmanuel Yarborough morre aos 51 anos
Vídeo: Vitória de Diaz provoca briga de torcedores nas arquibancadas do UFC Orlando
UFC demite três, entre eles brasileiro veterano do TUF BR 1

“Eu fui contatado por três organizações: UFC, Bellator e Glory. Eu vou conduzir a negociações com elas e em breve tomarei a decisão sobre onde vou atuar”, disse o russo, em entrevista ao site “MMABoxing.ru”, revelando também sua negociação com o evento de trocação.

Recentemente, Kharitonov justificou preferência pelo M-1 Global e impôs algumas restrições a seu possível acerto com o Ultimate. “Eu tenho 35 anos, eu não sou mais um atleta jovem. Se eu assinar com o UFC, eles vão me dar um contrato de um ano. E agora, nos últimos dois anos, eu lutei quase sete vezes. Portanto, eu acredito que eu escolhi a posição correta. Eu permaneço onde quero e onde as oportunidades me são dadas. Ao mesmo tempo, eu luto contra atletas de valor”, garantiu.

Aos 35 anos, Sergei Kharitonov tem um cartel de 23 vitórias e cinco derrotas. O russo enfrentou alguns dos principais nomes do MMA mundial, como Alexander Emelianenko, Alistair Overeem, Minotauro e Josh Barnett, pelos quais foi derrotado. Na lista de atletas vencidos por Kharitonov estão Murilo Ninja, Pedro Rizzo, Andrei Arlovski e o atual campeão peso pesado do UFC Fabrício Werdum.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments