Jones acerta liberação da cadeia e recebe novas punições

Lutador deixará a prisão ainda nesta quinta (31) e deverá passar por 60 horas de serviço comunitário, mais cursos de educação no trânsito e controle de raiva

Jones esteve em audiência com a justiça nesta quinta. Foto: Reprodução

Jones esteve em audiência com a justiça nesta quinta. Foto: Reprodução

Veja Também

Vídeo: Jones é parado no trânsito, se irrita e xinga policial
Acidentes, brigas e prisão: as polêmicas de Jones
Após multas no trânsito, Jones é preso por violar condicional

Preso no início da semana por violar os termos de sua liberdade condicional, Jon Jones deverá deixar a cadeia ainda nesta quinta-feira (31). O ex-campeão do UFC participou de audiência com um juiz de Albuquerque (EUA) nesta manhã e acertou os termos para sua saída, inclusive novas punições que deverá pagar nos próximos meses.

O lutador deverá realizar mais 60 horas de serviços comunitários e prestar cursos de educação no trânsito e controle de raiva. Além disso, Jones a partir de agora não poderá dirigir sem permissão da justiça.

Durante a audiência, chegou-se a cogitar um toque de recolher para o atleta, impedindo que ele ficasse fora de casa a partir de determinado horário do dia. Contudo, os advogados de Jones alegaram que tal medida atrapalharia a preparação do lutador para seu próximo combate, em abril. Assim, a pena foi descartada.

Entenda o caso

Jones estava em liberdade condicional desde que se declarou culpado por um acidente de trânsito em abril de 2015. Na ocasião, o lutador atravessou um sinal vermelho, atingiu um carro guiado por uma mulher grávida e fugiu da cena a pé. O incidente também fez com que o UFC tirasse de Jones o cinturão dos meio-pesados como punição.

Na semana passada, Jones foi abordado por um guarda de trânsito enquanto dirigia em Albuquerque. O policial afirmou que Jones estava “tirando um racha” e aplicou cinco multas ao lutador. “Bones”, em contrapartida, afirmou que apenas estava fazendo barulho com o motor para agradar a uns fãs na calçada.

Jones tentará retomar o cinturão dos meio-pesados no dia 23 de abril, na luta principal do UFC 197. O norte-americano fará revanche contra seu último adversário, Daniel Cormier, que conquistou o título vago no ano passado. Ao que tudo indica, os problemas extra-octógono não deverão interferir na realização da luta.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments