Treinador ainda acredita que McGregor lutará no UFC 200

John Kavanagh tem ’51% de otimismo’ que lutador irlandês e direção do Ultimate entrarão em acordo para evento de julho

McGregor (esq.) é aluno de Kavanagh (dir.) na SBG Ireland. Foto: Reprodução

McGregor (esq.) é aluno de Kavanagh (dir.) na SBG Ireland. Foto: Reprodução

O treinador principal de Conor McGregor, John Kavanagh, ainda confia que seu pupilo entrará em acordo com o Ultimate e voltará a ser escalado para lutar no UFC 200, evento que acontece no dia 9 de julho, em Las Vegas (EUA).

Veja Também

Conor McGregor garante que está de volta ao UFC 200
Dana White desmente retorno de McGregor ao UFC 200
White quer novo rival para Diaz, mas lutador discorda: ‘Ou McGregor, ou férias’

Inicialmente, McGregor faria a luta principal da noite contra Nate Diaz, mas acabou cortado da atração por se recusar a deixar a Europa e ir a Las Vegas na semana passada para uma coletiva de imprensa. Mesmo assim, Kavanagh ainda tem um pouco de esperanças de que as partes entrarão em consenso e que o plano original seguirá adiante.

“Estou 51% otimista e 49% pessimista, se você quiser saber o que penso. Não acho que já passamos do ponto de que não tem mais volta. Existe um respeito mútuo de ambas as partes. Dana [White] e Lorenzo [Fertitta] são homens de negócios sensatos. Eu não tenho dúvidas de que vamos manter nossa tradição para a próxima luta: Lorenzo vai trazer sua garrafa de uísque, vamos fazer nosso brinde tradicional e seguir em frente”, comentou Kavanagh, em entrevista ao podcast “The MMA Hour”.

Na semana passada, McGregor treinava com sua equipe em uma academia em Reykjavik, na Islândia, e não queria abandonar seus planos para ir até Las Vegas. Kavanagh apoia a decisão do lutador e afirmou que havia alternativas para isso. “Do jeito que o mundo é atualmente, não precisamos estar fisicamente nos lugares para estarmos envolvidos. Não entendo qual é essa obsessão por Las Vegas. O UFC é um esporte global, e não um esporte de Las Vegas. Não vejo por que tudo precisa ser feito lá”, comentou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments